Notícia sobre a Produtividade


AS LIDERANÇAS DA PC ESTARÃO DISCUTINDO AS ALTERNATIVAS PARA O PAGAMENTO DO PREMIO DE PRODUTIVIDADE QUE O GOVERNO SE COMPROMETEU EM PAGAR, PORÉM JÁ SE ENCONTRA EM ATRASO HÁ DOIS MESES.

Comunicado
O Projeto de Política Remuneratória estará na Comissão de Constituição e Justiça amanhã, dia 01/11, às 10:00h, na Assembleia Legislativa.
Compareçam para acompanhar a reunião e apressar a tramitação do Projeto.
Intersindical convoca entidades do serviço público para discutirem tramitação do Projeto Política remuneratória na ALMG
Na sequência das articulações pela aprovação de uma política remuneratória que valorize os trabalhadores do serviço público, a Coordenação Intersindical do serviço público mineiro, da qual o SINDPOL/MG faz parte, irá se fazer uma concentração mobilizadora na Comissão de Legislação e Justiça na ALMG, onde se busca aprimorar e aperfeiçoar o referido projeto de iniciativa do Governo.
MOMENTO IMPORTANTE TAMBÉM, NO QUAL AS LIDERANÇAS ESTARÃO DISCUTINDO AS ALTERNATIVAS PARA O PAGAMENTO DO PREMIO DE PRODUTIVIDADE QUE O GOVERNO SE COMPROMETEU EM PAGAR, PORÉM JÁ SE ENCONTRA EM ATRASO HÁ DOIS MESES.
A PARTICIPAÇÃO DE TODOS É IMPRESCINDÍVEL!

QUANDO O ESTADO NÃO ATUA, O CRIME TOMA CONTA


Belo Horizonte e as famílias desalojadas pelo tráfico.

149 já foram expulsas de moradias dadas pelo poder público, em conjuntos onde a violência impera

"Perdeu! Dá pé". É assim que bandidos impõem o terror e expulsam famílias de conjuntos habitacionais de Belo Horizonte. Sob o domínio do tráfico e vivendo em meio a disputas entre diferentes facções criminosas, moradores estão vendo o sonho da casa própria se transformar em pesadelo.

Pelo menos 149 famílias foram retiradas à força de apartamentos após ameaças de morte. Destas, 134 acionaram a Polícia Militar e registraram Boletim de Ocorrência. O levantamento foi feito pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH)em março e abril, e faz parte de uma ação conjunta para enfrentar os ataques.

O Plano Integrado de Prevenção a Invasões de Unidades Habitacionais em Belo Horizonte, ao qual o Hoje em Dia teve acesso com exclusividade, mostra que algumas unidades habitacionais da capital são como barris de pólvora prestes a explodir.
 
 
LEIA MAIS >>>

SERVIÇÃO - 5 MIL PEDRAS DE CRACK APREENDIDAS


PM apreende 5 mil pedras de crack em Uberlândia.

Quatro adolescentes, com idades entre 15 e 16 anos, foram apreendidos na manhã desta segunda-feira (31) após serem flagrados com 5 mil pedras de crack em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. O grupo foi abordado em um casa do bairro Prosperidade.

Segundo a Polícia Militar, a movimentação dos jovens já estava sendo observada. Nesta manhã, quando os militares entraram na residência, encontraram os suspeitos preparando os entorpecentes.

Além da grande quantidade de crack, no local ainda foram apreendidos 56 pinos plásticos contendo cocaína. O material estava escondido em um sofá.

Os adolescentes foram levados para a Delegacia de Polícia Civil.

 O TEMPO

PONTO DA DESOVA


PM encontra quatro corpos em estado de decomposição no Vale do Rio Doce

Quatro corpos em estado de decomposição foram encontrados nesse domingo (30) na zona rural de Caratinga, na região do Vale do Rio Doce. De acordo com a Polícia Militar, os corpos estavam em uma área de plantação de eucaliptos e foram localizados por meio de denúncia.

Segundo a polícia, uma das vítimas foi decapitada e nas outras havia marcas de perfuração causadas por tiros. Ainda não há informações sobre o que teria motivado o crime nem sobre autoria.

O local onde os corpos foram encontrados é conhecido como ponto de desova. A PM afirmou que irá intensificar o patrulhamento na região para evitar novas ocorrências do mesmo tipo.
O TEMPO

Policial civil é suspeito de ter matado a ex-namorada no Buritis


Um investigador da Polícia Civil é o principal suspeito de ter matado a ex-namorada dele na tarde desta segunda-feira (31). O crime ocorreu na avenida Mário Werneck, no bairro Buritis, na região Oeste da capital, por volta das 17h50, segundo militares do 5º Batalhão da Polícia Militar.
A mulher foi abordada pelo policial, de 38 anos, que atirou contra ela e fugiu em um Fiat Uno prata. A ex-namorada do investigador, de 30 anos, foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Oeste, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
O homem foi identificado, mas ainda não foi localizado. As motivações do crime serão investigadas pela Delegacia de Homicídio de Belo Horizonte. Peritos foram encaminhados para o local, segundo a Polícia Civil. 
A assessoria da Polícia Civil informou que aguarda o fechamento do boletim de ocorrência, para se pronunciar sobre o caso, já que principal suspeito é um membro da corporação.
Segundo informações da UPA Oeste o corpo da mulher continua no local, até às 18h55, ninguém da família dela compareceu a Unidade.
O corpo dela será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).
Problemas de saúde. O investigador da Polícia Civil tirou uma licença médica neste ano, de maio a agosto. O atestado que autorizou a licença para tratamento médico do investigador foi assinado pelo diretor geral do Hospital da Polícia Civil, Arnaldo Laboissiere Muzzi. Os motivos da licença médica não foram informados.Um investigador da Polícia Civil é o principal suspeito de ter matado a ex-namorada dele na tarde desta segunda-feira (31). O crime ocorreu na avenida Mário Werneck, no bairro Buritis, na região Oeste da capital, por volta das 17h50, segundo militares do 5º Batalhão da Polícia Militar.
A mulher foi abordada pelo policial, de 38 anos, que atirou contra ela e fugiu em um Fiat Uno prata. A ex-namorada do investigador, de 30 anos, foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Oeste, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
O homem foi identificado, mas ainda não foi localizado. As motivações do crime serão investigadas pela Delegacia de Homicídio de Belo Horizonte. Peritos foram encaminhados para o local, segundo a Polícia Civil. 
A assessoria da Polícia Civil informou que aguarda o fechamento do boletim de ocorrência, para se pronunciar sobre o caso, já que principal suspeito é um membro da corporação.
Segundo informações da UPA Oeste o corpo da mulher continua no local, até às 18h55, ninguém da família dela compareceu a Unidade.
O corpo dela será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).
Problemas de saúde. O investigador da Polícia Civil tirou uma licença médica neste ano, de maio a agosto. O atestado que autorizou a licença para tratamento médico do investigador foi assinado pelo diretor geral do Hospital da Polícia Civil, Arnaldo Laboissiere Muzzi. Os motivos da licença médica não foram informados.

Sequência de ataques deixa três mortos e 12 feridos em BH


Um ataque em série de um grupo armado e liderado por um adolescente de 17 anos deixou um rastro de morte e destruição na noite de anteontem nos bairros São Salvador e Glória, na região Noroeste da capital. O ato bárbaro do bando terminou com três pessoas mortas, 12 feridas, entre elas uma menina de 2 anos, e uma casa incendiada. A criança, de acordo com os familiares, corre o risco de ficar paraplégica.
De acordo com a polícia, uma das hipóteses para os crimes seria a vingança pela morte do irmão do menor que foi assassinado por uma moradora da região. A suposta autora do crime seria a irmã de uma das vítimas mortas durante os atentados encabeçados pelo adolescente. Outra linha de investigação é a disputa por pontos de venda de drogas no bairro São Salvador.
Infográfico da Barbárie, clique para ampliar
A sequência de crueldade passou por três endereços diferentes e com os suspeitos atirando contra quem estivesse na rua. As vítimas foram atacadas em um intervalo de menos de uma hora. De acordo com o 34° Batalhão da Polícia Militar (BPM), os primeiros disparos aconteceram por volta de 21h30 de sábado, em uma lanchonete do bairro Glória, onde estavam pelo menos 15 pessoas. Os criminosos chegaram ao local a pé e atiraram, acertando quatro pessoas. "Estava em casa quando ouvi os tiros. Quando saí na rua encontrei os homens caídos no chão e as pessoas gritando", disse uma vendedora de 25 anos.
O segundo destino escolhido pelos atiradores foi um bar no mesmo bairro. O grupo seguiu em um Palio até o local e reiniciou os ataques que deixariam três mortos. De acordo com uma testemunha, apenas um homem do bando desceu do carro e disparou contra as vítimas. Leandro de Castro Moraes, 27, e Leonardo José de Souza, 20, que conversavam em pé na calçada, morreram após serem atingidos. Em seguida, o atirador apontou o revólver para os clientes em uma mesa e disparou. Três pessoas foram feridas e uma delas, Brainer Gomes Martins, 19, acabou morrendo no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII na madrugada de ontem. "Acredito que ele quis se vingar do Leonardo que é irmão da autora do assassinato do irmão do menor", disse um policial, que pediu para não ter o seu nome divulgado.
A última incursão do bando foi em um conjunto de nove casas no bairro São Salvador, onde o adolescente de 17 anos teria morado e se mudado há quatro meses. Testemunhas contaram à polícia que o menor chegou ao local na companhia de um primo, conhecido como Igor. Seis pessoas de uma mesma família estavam em casa quando os tiros voltaram a ser disparados pelos assassinos. Cinco vítimas ficaram feridas, sendo uma criança de dois anos e uma grávida de sete meses. Antes de sair, os criminsos jogaram garrafas com líquido combustível (coquetel molotov) e incendiaram o imóvel.
A polícia não tem pistas do paradeiro do bando de atiradores.

Três pessoas morrem em batida entre caminhão e carro na BR-262


Um grave acidente na manhã deste domingo deixou três mortos na BR-262 em Araxá, no Alto Paranaíba. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) da cidade, um Gol com quatro pessoas seguia pela rodovia quando o motorista invadiu a contramão e bateu de frente com um caminhão no km 688. O veículo maior, carregado com carvão, chegou a capotar.

Dos passageiros do carro de passeio, duas mulheres de 47 e 52 anos morreram na hora. O motorista, de 49 anos, uma adolescente de 14, e o passageiro do caminhão, de 21, foram levados para a Santa Casa de Araxá, onde o motorista morreu. O estado de saúde da garota é grave.


O condutor do caminhão não se feriu. O trânsito no local ficou interditado nos dois sentidos e o congestionamento chegou a 6 quilômetros, mas já foi liberado.

Estudantes da USP danificam viatura policial

Quebradeira pela liberação da erva, que vergonha, 
repressão pra cima deles!!!






Polícia chinesa não perdoa


A polícia chinesa prendeu 12.125 pessoas por esquema de venda de drogas online

A polícia chinesa prendeu 12.125 pessoas durante uma operação contra a venda de narcóticos por meio da Internet e confiscou mais de 300 quilos de substâncias ilegais, informou neste domingo a agência de notícias Xinhua.
A polícia foi alertada sobre a escala do problema depois de descobrir que duas salas de bate-papo na Internet das cidades de Lanzhou e Xian estavam sendo utilizadas para vender drogas, afirmou a agência.

"Só se permitia a novos clientes entrar na sala de bate-papo depois de um convite feito por conhecidos e de a pessoa usar drogas ao vivo, filmando o ato com uma webcam", disse a Xinhua, citando um agente da polícia.

Auxílio Invalidez – Comissão da ALMG discute com comando da PMMG legalidade de resolução

A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência da Assembleia Legislativa de Minas Gerais realiza, na próxima quinta-feira (3/11/11), às 14h30, uma visita ao comandante-geral da Polícia Militar de Minas Gerais, coronel Renato Vieira de Souza. O objetivo, de acordo com os autores do requerimento, deputados Sargento Rodrigues (PDT) e Elismar Prado (PT), é discutir com o comandante a viabilidade de concessão de auxílio-invalidez aos militares do Estado e aspectos legais da Resolução Conjunta da PMMG e do Corpo de Bombeiros 4.073, de 2010, que dispõe sobre perícias de saúde nas duas corporações.  LEIA NO BLOG AMIGOS DE CASERNA>>>>

Chacina motivada por vingança e ocorrida em quatro lugares deixa três mortos e 13 feridos no bairro Glória


As polícias da região Noroeste de Belo Horizonte estão à procura de um adolescente de 17 anos e um casal que são suspeitos de serem os autores de uma chacina ocorrida no bairro Glória, na noite desse sábado (29).
De acordo com a Polícia Militar, por volta das 22h40, o trio, que estava em um Palio prata, parou em frente à uma sorveteria da região e, sem falar nada, atirou contra seis pessoas. Em seguida, os suspeitos seguiram até uma rua próxima ao estabelecimento comercial e, na frente de um bar, balearam mais cinco. Ainda na mesma rua, o trio invadiu uma casa e colocou fogo na mesma, onde estava um homem que teve 60% do corpo queimado e ainda foi baleado na região do tórax e braço. Por fim, os suspeitos foram até outra via pública do bairro e atiraram contra mais quatro pessoas.
Segundo os militares do 34º batalhão, do total de 16 vítimas, sendo 13 homens, duas mulheres e uma criança, seis foram levadas para o Hospital Alberto Cavalcante, no bairro Padre Eustáquio. No entanto, dois homens, de 19 e 27 anos, não resistiram aos ferimentos e morreram ao dar entrada na unidade de saúde. Outras cinco vítimas, entre elas uma menina de apenas dois anos e dez meses, foram levadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Ressaca, sendo duas em estado grave. A criança foi atingida por um tiro nas costas e, se sobreviver, corre o risco de ficar tetraplégica. Após receberem os primeiros socorros, as vítimas foram encaminhadas ao Hospital Pronto Socorro João XXIII. O restante das pessoas baleadas foram encaminhadas também para o João XXIII e para o Hospital Risoleta Tolentino Neves, em Venda Nova.
Conforme o plantão policial do Hospital Pronto Socorro João XXIII, um homem de 27 anos morreu durante a madrugada deste domingo (30) e outras cinco pessoas permanecem internadas.
Testemunhas dos consecutivos crimes informaram aos policiais que os suspeitos queriam vingar a morte do irmão do adolescente de 17 anos, que foi assassinado em data anterior.
Todos os suspeitos já foram identificados.

12 RPM EM ALERTA - Rapaz flagrado com 50 kg de erva


FABRICIANO – Considerado foragido da justiça, o soldador Joarlei Alves Oliveira, de 23 anos, foi preso pela Polícia Militar no final da manhã desta sexta-feira (28), em Coronel Fabriciano. Ele foi encontrado em uma casa na Rua Tungstênio, no Bairro Recanto Verde, e responde a crimes de tráfico de drogas.

De acordo com a PM, havia informações dando conta que Joarlei, que também é conhecido como “Pituca”, era considerado fugitivo e estava escondido na residência de número 104 da Rua Tungstênio. Policiais seguiram para o local e abordaram o soldador, sendo constatado um mandado de prisão em desfavor dele expedido pelo juiz Marcelo Gonçalves de Paula, da Comarca de Ipatinga.

No dia 26 de agosto de 2010, Joarlei e Jessé Maurício da Silva, de 22 anos, foram presos em uma operação da Polícia Civil chamada Ouro. Na ocasião, eles estavam sendo investigados há cerca de duas semanas. Com os dois, que foram capturados em Ipatinga, na chegada para o Bairro Horto, os policiais apreenderam 50 quilos de maconha – que teriam sido comprados com as jóias roubadas da série de assaltos ocorridos a joalherias do Vale do Aço na época. Jessé e Joarley estavam no Volkswagen Santana placas KCT-9962, de Coronel Fabriciano. “Indiretamente estamos prendendo as pessoas que assaltaram as joalherias. A investigação continua. A prisão de Jessé e Joarley é só o começo”, garantiu o delegado Renato Gavião, que trabalhou na prisão dos acusados na oportunidade.  

ITABIRA - Universitários detidos pelados no meio da rua no Amazonas

011


Quatro universitários, sendo um estudante da Funcesi e outros três da Unifei/Itabira, foram detidos andando pelados pela avenida Brasil esquina com rua Goiás, no bairro Amazonas.
Na noite desta sexta-feira 28 de outubro, uma guarnição da Policia Rodoviária Estadual (PRE) passando pela avenida Brasil no bairro Amazonas, quando deparou com os quatro rapazes com idade 19, 20, 21 e 23 anos, literalmente nus, com as cuecas em uma das mãos.
Diante aos fatos os Militares da PRE, realizaram a abordagem nos quatro rapazes peladões, que foram deslocados para a rua Goiás e em posição de abordagem padrão colocados lado a lado com as mãos na parede de um trailer.
Neste instante o Sargento Reginaldo da PRE, solicitou apoio a Central de Operações da Policia Militar (COPOM) que enviou duas viaturas ao local, neste intermédio o militar solicitou que os peladões vestissem as cuecas, um deles, magro de cabelo grande vestiu a cueca e uma camisa branca.
No momento em que eles decidiram cometer tal ato, caracterizado como atentado violento ao pudor, faltava energia elétrica naquele bairro devido a um apagão na rede da fornecedora CEMIG. Aproveitando isto decidiram sair pelados pela rua e avenida, somente sendo vistos quando os faróis dos veículos passavam e clareavam os quatro peladões.
Durante a abordagem dos peladões, era visível a revolta dos moradores tradicionais do bairro, a todo momento era possível escutar “é isso ai policial, vocês estão de parabéns, tem que prende-los, é um absurdo isso, eles vem de fora para aprontar aqui na cidade”.
Em poucos minutos as viaturas de apoio chegaram ao local e fizeram a detenção dos quatro rapazes que estavam já trajando as cuecas e um deles camisa. Sem uso de algemas, eles foram colocados na parte traseira [cofre] de uma das viaturas e levados para o Pelotão do bairro Água Fresca, para registro de boletim de ocorrência e depois encaminhados para Delegacia de Policia Civil, onde assinaram o TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) e foram liberados.
Naquela unidade Policial eles conversaram com a reportagem e assumiram que fizeram a ingestão de bebida alcoólica durante todo o dia e simplesmente decidiram sair nus pela rua, finalizaram eles.
Dois colegas dos peladões foram até o pelotão da PM levando bermudas e camisas para os quatro rapazes.

ANÚNCIO SOBRE PAGAMENTO DO PRÊMIO PRODUTIVIDADE PODE SAIR A QUALQUER MOMENTO DEPOIS DE DOIS MESES DE ATRASO

Servidores - Com dois meses de atraso, pagamento de prêmio pode sair
Gratificação por produtividade deveria ter sido paga em setembro
Publicado no Jornal OTEMPO em 29/10/2011

DANIEL LEITE - O Tempo
FOTO: LIA PRISCILA / ALMG
Anúncio Em reunião com sindicalistas e deputados, Danilo de Castro teria feito promessa de data
Depois de quase dois meses de atraso em relação aos pagamentos realizados desde 2003, o governo de Minas ainda não acenou oficialmente quando o funcionalismo irá receber o prêmio por produtividade. O prazo estendido, inédito desde que o PSDB assumiu o governo, vem sendo criticado pelas categorias.
Somente agora surge uma possibilidade de o governo anunciar, nos próximos dias, a data para o pagamento do benefício.
Na última quarta-feira, o Executivo teria comunicado que seria anunciada a data para o pagamento do benefício. A informação, segundo interlocutores, foi repassada durante reunião da comissão - formada por representantes do governo, pelo sindicato que representa os profissionais da educação e por deputados - para tentar um acordo sobre a política salarial dos professores que estiveram em greve até o mês passado.
Alguns deputados presentes no encontro confirmaram que o secretário de Governo, Danilo de Castro (PSDB), atestou que, em breve, seria anunciada uma solução para o impasse do pagamento. Castro teria garantido que "vai resolver tudo" na próxima semana.
O secretário não confirmou a intenção à reportagem, mas disse que não está fora de cogitação uma definição sobre a pendência. "Nós estamos fazendo o possível para pagar o quanto antes", alegou Castro.
Meta. Neste ano, deverão ser empenhados R$ 497 milhões para aproximadamente 363 mil servidores que atingiram as metas traçadas pela administração do Estado. Desde que foi criada, há oito anos, o Executivo trata a gratificação como trunfo. O valor do prêmio não é o mesmo para todos os trabalhadores.

Categorias questionam regras
A  gratificação por produtividade dos servidores públicos estaduais de Minas é avaliada por algumas categorias como maléfica à valorização, pois não define um vencimento fixo. Para o diretor de política do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público de Minas, Geraldo Henrique, a gratificação "vai contra os anseios dos servidores porque eles não podem ser medidos por números".
Já a entidade que representa o setor educacional lembra que, por não ser uma obrigação, o prêmio tornou-se uma incógnita. "Como não é um direito por lei, o governo pode não pagar quando quiser", disse a diretora do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado, Beatriz Cerqueira. "O prêmio vai na contramão. Queremos valorização da carreira no salário", afirmou. (DL)
- Sgt Wellington - Colaborador

FÚRIA EM DUAS RODAS

PARABÉNS AOS NOBRES POLICIAIS MILITARES EM SEUS CAVALOS MECÂNICOS, MÁQUINAS DE DUAS RODAS, MOTO-PATRULHEIROS


ENVIADO POR: VELOSO SD PM

PRÊMIO PRODUTIVIDADE

Quem acha que o governo não vai pagar a
 produtividade levanta a mão!!!!


Esta situação precisa de um, 
BASTA!!!

CONFRONTO ENTRE PMS E ESTUDANTES NO CAMPUS DA USP


 Parabéns aos policiais que prenderam os alunos drogados

Cabo Cláudio Cassimiro Dias
Assisti atônito às cenas de estudantes quebrando viaturas da Polícia Militar e da Polícia Civil, além de danos ao patrimônio da Universidade de São Paulo.
Me fez recordar de algumas cenas do filme “Tropa de Elite”, do Diretor José Padilha onde o personagem “André Matias” teve dificuldades de convivência com outros estudantes devido ao uso que alguns faziam, de drogas dentro do ambiente estudantil.
O conflito vivido pelo “ASPIRA André Matias” se deu em virtude do questionamento do mesmo sobre, se a elite estudantil e “intelectual” que deveria dar exemplo e fazer a diferença na Nação, simplesmente fomentava o tráfico de drogas e a disseminação da violência fruto das vendas de drogas no seio das universidades e pela cidade, principalmente na periferia.
O personagem do “professor” citando Foucault fundamenta sua explicação acerca de suposta violência por parte da polícia.
Com isso, o Diretor do Filme Tropa de Elite consegue demonstrar bem e com conhecimento a dicotomia entre os princípios que deveriam nortear a formação dos estudantes, e a contramão de direção na qual alguns optavam seguir.
O que ocorreu na USP trata-se sem duvidas de uma quebra de princípios, não só morais, mas extrema falta de educação por parte de alguns alunos daquele campus.
A Polícia abordou alguns estudantes que estavam preparando cigarros de maconha para fumar, ou seja, uma abordagem totalmente legal e pautada na previsão do Código Penal Brasileiro.
Parabéns aos policiais militares que fizeram valer a lei, e que absurdamente foram agredidos por alguns estudantes inconseqüentes, e que muito me preocupa, pois serão os formadores de opinião e futuro de nossa Nação, quicá, nossos governantes, juízes, policiais e promotores, dentre outras funções de comando no nosso país.
É lamentável, que isso ocorra, e que alunos invadam o Campus da universidade sem um motivo justificável, mais como baderneiros, do que como cidadãos que reivindicam algo de cidadania.
Antes de terminar esse texto examinei bem se houve ou não arbitrariedades por parte da PM, para que eu não cometesse injustiça, porem, o que vi foi uma ação totalmente legal, e estudantes inconseqüentes, com ações delituosas e vexatórias.
Aos policiais, novamente, minhas palmas e uma continência respeitosa.
Cláudio Cassimiro Dias, CABO PM, Pós Graduado em Criminologia, Bacharel em Direito, Bacharel em História, Palestrante e Pesquisador da História Militar.

PRODUTIVIDADE 2011

Governador diz que está sem dinheiro para o pagar o Premio por Produtividade 2011 e esta mais preocupado com o pagamento 13º Salário na primeira quinzena de dezembro

Anastasia anunciasse a data para o pagamento do Premio por Produtividade de 2011, devido ao alcance das metas pre-estabelecidas pelo próprio governo, ele jogou por terra todos os "peixes podres" que anunciavam o pagamento ainda em outubro (dia 28) ou ainda em novembro (dia 14).
Na data de ontem, ele anunciou que ainda não há previsão para o pagamento e tampouco está preocupado com isso, "no momento estamos preocupados com a verba para o pagamento do 13º Salário, na qual estou garantindo o pagamento na primeira quinzena de dezembro, nos últimos meses aumentamos muito o gasto com o pessoal e estamos sem dinheiro para o pagamento do premio por produtividade" disse o governador.
A realidade é que ainda não há previsão para o pagamento do premio por produtividade, e que já estamos em "novembro" e que ele (governador) deixou claro que ainda não há verba para o pagamento. Portanto, chega de "peixes podres" vamos aguardar o pronunciamento do Governador, que quando ele tiver verba para o pagamento com certeza irá anunciar com antecedência.

Opinião de um cidadão, decepcionado com a CORREGEDORIA da Polícia Militar de Minas Gerais.

CORREGEDORIA DA PM

Venho através deste grande jornal levar ao conhecimento da população mineira um fato que, sinceramente, me deixou deveras "pasmado". Trabalho no comércio da capital há muitos anos e, um dia desses, fiquei sabendo que a Corregedoria da Polícia Militar, órgão responsável por fiscalizar e apurar desvios de conduta de policiais militares, está se atendo única e exclusivamente a fiscalizarem os fardamentos dos policiais que trabalham nas ruas, se eles estão ou não vestidos adequadamente para agirem no combate e prevenção ao crime.

Agora eu me pergunto: uma vez que o índice de crimes envolvendo polícia vem aumentando, por que esses policiais da corregedoria, não fazem o que em tese deveriam fazer? Gostaria de saber o que um fardamento dentro dos padrões ajuda no combate ao crime. Por que esses policiais (corregedoria) não fazem patrulhamentos e abordagens, o que realmente seria trabalho de verdadeiros policias. Fica aqui a opinião de mais um cidadão, cada vez mais decepcionado com a tão afamada Polícia Militar de Minas Gerais.

José Roberto da Silva Por e-mail

Maconheiros da USP entra em confronto com policiais.

Flagrante de maconha acaba em confronto com policiais na USP

Um grupo de alunos tentou impedir que PMs detivessem três estudantes que fumavam maconha na USP (Universidade de São Paulo) na noite desta quinta-feira (27). Houve confronto e policiais militares chegaram a usar bombas de efeito moral, informou o jornal Folha de S.Paulo.

Um Policial Militar que fazia ronda na região encontrou os três jovens fumando maconha dentro de um carro. Ele os abordou e, quando iria levá-los para uma delegacia, foi barrado por dezenas de estudantes.
O confronto ocorreu quando cerca de 300 universitários e funcionários da universidade faziam um protesto em frente a FFLCH (Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas), na Cidade Universitária, na zona oeste de São Paulo, a fim de proteger os estudantes que foram flagrados com a droga.

Filho de policial militar é flagrado com arma do pai dentro da escola em Ipatinga

Um estudante de 13 anos foi flagrado nessa quinta-feira (27) no centro da cidade de Ipatinga, no Vale do Aço, com uma arma dentro do colégio. O garoto, que é filho de um policial, estuda em uma escola destinada a filhos de militares e teria pego escondido o revólver do pai.
De acordo com a polícia, um funcionário da unidade foi informado de que o garoto poderia estava armado. Ao revistar a mochila dele, foi encontrada uma pistola calibre 40 carregada com 16 cartuchos. O menor disse aos militares que pegou a arma do pai para amedrontar um colega que o ameaçava.
A arma pertence à Polícia Militar, porém estava sob a guarda do cabo, pai do menino, lotado na 12ª Companhia Independente de Meio Ambiente e Trânsito (MAT). O adolescente foi apreendido e levado para a 1ª Delegacia Regional de Ipatinga. A arma apreendida foi encaminhada para a perícia.
O menino foi ouvido e liberado. O pai dele deve responder processo por ter permitido que o garoto tivesse acesso a arma.
A reportagem do Portal O Tempo Online tentou entrar em contato com a direção do colégio, mas ninguém foi encontrado para falar sobre o assunto.

Homem é preso, só de cueca, ao tentar roubar padaria em Varginha

Apenas de cueca, um ladrão de 31 anos acabou se dando mal ao tentar furtar uma padaria, na madrugada desta sexta-feira (28), no bairro São Geraldo, em Varginha, no Sul de Minas. O proprietário do estabelecimento, de 35 anos, flagrou o suspeito e, com uma vassoura, conseguiu expulsar o bandido do local. As câmeras de segurança da padaria registraram toda a ação do bandido.
Reconhecido por policiais que já o haviam prendido, quase três horas depois da tentativa do furto, o homem foi preso em casa tentando se esconder dentro de um guarda roupa. O suspeito, que já tinha passagem pela polícia por furto e foi solto na última segunda-feira, acabou detido.
O proprietário da padaria e a mulher dele, que moram ao lado do estabelecimento, agrediram o suspeito com cabo de vassouras. O comerciante chegou a ser ferir após também ser agredido pelo suspeito.

Recrutas são impedidos de abandonar o batalhão depois de furto

Recrutas do 12º Batalhão de Infantaria do Exército, no bairro Barro Preto, região Centro-Sul de Belo Horizonte, teriam sido proibidos de deixar o local por ordem de seus superiores. O motivo seria o sumiço da carteira e do aparelho celular de um dos recrutas.
Os recrutas seriam liberados ao meio-dia, como é de praxe às sextas-feiras, mas foram impedidos depois que um dos militares relatou que sua carteira e um celular poderiam ter sido furtados. Um dos oficiais da base decidiu aquartelar compulsoriamente cerca de 40 recrutas no local até que os objetos e o suposto autor do furto fossem encontrados. Oficiais e praças que também servem no Batalhão foram liberados normalmente.
Segundo o Exército, foram feitos procedimentos de rotina para a localização dos objetos desaparecidos e os recrutas teriam sido liberados cerca de meia hora após o horário normal, mesmo sem que a carteira e o celular tenham sido recuperados.
No entanto, de acordo os pais de um dos recrutas, que pediram para ter as identidades preservadas, os militares só teriam sido liberados por volta de 17:40h, depois de ficarem no quartel desde 7h45 sem a comida fornecida pelo Exército.

ABSURDO - CLIQUE NA IMAGEM E VEJA A REPORTAGEM


Prêmio Produtividade - Por Deputado Sgt Rodrigues

Deputado Sargento Rodrigues cobra do governador do estado, Antônio Anastasia, uma posição para data do pagamento da produtividade. Assista o vídeo.




Deixe abaixo sua opinião


CTSP 2009 - SOLDADO DA POLÍCIA MILITAR DE MG COMETE SUICÍDIO



A Polícia Militar informa o falecimento do Soldado Milton Viana da Silva, de 28 anos, lotado na 19ª Companhia Independente (Pará de Minas). O militar é formado na turma do CTSP de 2009. 
O corpo está sendo velado na Rua Cecildes Moreira, em frente ao IML, próximo ao 5º Batalhão, em Belo Horizonte. O sepultamento será às 15h no Cemitério da Paz. 


*Era lotado na Cidade de São José de Varginha - MG


REDS: 2011-001959334
BO: 1561 - 2011

Policial do Gate é alvejado no Bairro São Benedito em Juiz de Fora


NÚMERO DO REDS: 2011-001955047-001

Quatro ocupantes de um carro são suspeitos de abrir fogo contra viaturas da Polícia Militar que faziam patrulhamento no Bairro São Benedito, na região Leste, na noite da última terça-feira. Os policiais chegaram à comunidade depois de denúncias recebidas pelo Centro de Operações da corporação, dando conta de que um grupo exibia armas longas pelas ruas, intimidando a população e ordenando que as pessoas entrassem em suas casas. Todo o efetivo policial disponível foi direcionado para a região. Ao chegar ao bairro, o carro de uma das equipes da Rotam foi alvejado e houve tiroteio. Um policial do Grupo de Ações Táticas Especiais chegou a ser atingido por estilhaços. Durante a fuga, um homem, que terminou preso, invadiu e efetuou disparos dentro de um imóvel onde moram várias famílias. Pelo menos três mulheres e duas crianças estavam no local no momento da invasão.
Após cerca de três horas de trabalho dos militares, o suspeito abandonou duas pistolas carregadas e aceitou se entregar. Ninguém ficou ferido. Uma carabina ponto 30, arma semelhante a um fuzil, foi localizada pelos policiais em um matagal na região do confronto, junto com uma bolsa, contendo cerca de 160 munições de diversos calibres. Outras duas armas, uma pistola 380 milímetros e outra ponto 40, de uso restrito, foram apreendidas, além de um colete à prova de balas usado pelo suspeito. Na manhã de ontem, o clima ainda era tenso no São Benedito. Poucos moradores permaneciam nas ruas, nenhum deles comentou a ocorrência.

Profile Photos

Para o pagamento do Prêmio Produtividade não aparece dinheiro...

Inquérito é aberto para apurar gasto da PBH e do governo de Minas com artistas



A Promotoria de Defesa do Patrimônio Público abriu inquérito para apurar repasses da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) e do governo do estado para artistas de renome nacional sem licitação, como a banda Jota Quest e o cantor Milton Nascimento, que nas últimas eleições apoiaram a campanha do prefeito Marcio Lacerda e do governador Antonio Anastasia. 

 Só neste ano, conforme o Diário Oficial do Município (DOM), a banda firmou com a Empresa Municipal de Turismo (Belotur) dois contratos de R$ 400 mil para financiar a Turnê Jota Quest 15 anos, cujos ingressos variavam de R$ 25 a R$ 160, na apresentação em BH, no início do mês. LEIA NO ESTADO DE MINAS>>>>>

Corpo de homem é encontrado parcialmente carbonizado em rua de Contagem


O corpo de um homem, não identificado, foi encontrado na noite dessa quarta-feira (26) em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar, a vítima foi localizada caída em uma rua do bairro Xangrilá.
Segundo os militares do 39º batalhão, o homem foi localizado parcialmente carbonizado e com marcas de tiros, após moradores da região escutarem barulho de disparos de arma de fogo e acionarem a polícia.
Conforme a PM, a autoria e motivação do crime ainda são desconhecidas.
Após o trabalho da perícia, o corpo será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

12 RPM em alerta - Por meio de denúncia anônima, policiais militares do 14º Batalhão apreenderam, em Coronel Fabriciano, 17 armas de fogo.


PM foi informada que no Bairro Santo Antônio funcionava uma oficina para manutenção e fabricação de armas de fogo. No local denunciado, foi descoberto que o proprietário J.C. possuía um mandado de prisão em seu desfavor.
Após buscas foram apreendidos os seguintes materiais:
01 - revólver calibre 22
01 - revólver calibre 32
07 - espingardas
02 - garrucha calibre .32
02 - garrucha calibre .22
01- Recipiente contendo chumbo (chumbada) para munição;
33 - cartuchos intactos de calibre .22, marca não identificada;
89 - espoletas CBC intactas;
01 - arma/armadilha "TOCO"
03 - garruchas calibre .32
Os materiais foram apreendidos e encaminhados à Delegacia de Polícia Civil.
PMMG

Ex-policial rodoviário é condenado pela Justiça por cobrar propina de caminhoneiro em Teófilo Otoni.

A Justiça federal condenou um ex-policial rodoviário federal a 3 anos e 2 meses de prisão pelo crime de concussão. Previsto no artigo 316 do Código Penal brasileiro, o crime consiste em tirar vantagem indevida por meio de cargo público. A pena, como é inferior a 4 anos de reclusão, foi convertida em prestação de serviços comunitários e pagamento de multa.

Marco Aurélio Duarte Silva foi denunciado pelo Ministério Público Federal (MPF) por ter cobrado propina de um caminhoneiro em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri. O caso ocorreu em maio de 2006 e levou o policial a ser demitido da Polícia Rodoviária Federal pouco tempo depois.

De acordo com o MPF, o policial abordou o caminhoneiro na BR-116. O oficial fiscalizou o caminhão, que tinha como destino o município de Contagem, na Grande Belo Horizonte, e alegou haver irregularidades. Para liberar o motorista a seguir viagem, o policial exigiu o pagamento de R$ 1 mil.

Coagido, o caminhoneiro deu R$ 200 em dinheiro ao policial e um cheque no valor de R$ 600, em cujo verso o policial anotou a placa do veículo. Ao chegar em Contagem, o motorista contou o ocorrido ao seu empregador, que o aconselhou a procurar a corregedoria da PRF.

Vereador de BH rebate denúncias de tráfico de drogas em gabinete.

A denúncia feita pelo vereador Cabo Júlio (PMDB), nessa terça-feira, no plenário da Câmara Municipal de Belo Horizonte contra o vereador João Bosco Rodrigues (PT), conhecido como João da Locadora, teve desdobramentos na tarde desta quarta-feira. Durante a sessão extraordinária de hoje foi exibido o vídeo do momento em que Cabo Júlio acusa o colega da Casa de abrigar traficantes em seu gabinete. Parte da bancada do PT aproveitou para rebater as acusações.

O vereador Arnaldo Godoy (PT) saiu em defesa do colega de partido. Segundo ele, a insinuação feita pelo parlamentar é “destemperada”. Ainda segundo Godoy, a intenção dos vereadores de seu partido, o PT, ao manifestar a opinião sobre a necessidade de apuração das denúncias contra Gêra Ornelas (sem partido), era de que os fatos fossem apurados. “A nota não acusa a comissão da Casa de demora na apuração. Era apenas um manifesto dizendo que a Casa, que possui uma das leis de ficha limpa mais rígidas do Brasil, não pode admitir esse tipo de situação”, disse.

Godoy também usou, na tarde de hoje, o microblog twitter para defender seu partido. “O PT nasceu combatendo a ditadura e a truculência, nenhum militar, pela força, vai calar a nossa voz ou mudar nossa opinião”, postou.

Comissão é favorável a projeto sobre proteção aos policiais

A Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais aprovou nesta terça-feira (25/10/11) parecer favorável de 1° turno ao Projeto de Lei (PL) 1.353/11, que dispõe sobre a proteção, o auxílio e a assistência aos policiais e bombeiros militares, policiais civis e agentes penitenciários do Estado expostos a ameaça ou risco à integridade física em virtude do desempenho de suas atividades funcionais. LEIA NO BLOG DO SGT BARBOSA>>>>