ESQUADRILHA PÉGASUS - PM age rápido e prende criminosos que atiraram em PMs

Ontem, 28, militares da 7ª Companhia Independente, com apoio do Batalhão de Radiopatrulhamento Aéreo, prenderam quatro homens que trocaram tiros com os militares em São Joaquim de Bicas. Eles são integrantes de uma quadrilha envolvida em homicídios, assaltos e tráfico de drogas na região.

Os bandidos atiraram contra os militares da Cia, que revidaram. Assim que fugiram do cerco policial, a equipe do Pégasus 10 foi acionada e rapidamente encontrou os criminosos escondidos na mata. Após varredura na área, eles foram detidos.
 
Militares da 7ª Cia Ind apreenderam duas armas de fogo, armas brancas e pequena quantidade de drogas. Durante a troca de tiros um dos suspeitos foi baleado. A PM continua rastreando para localizar mais envolvidos na quadrilha.

PIRAPORA – PM recupera carga roubada avaliada em quase R$ 250 milPIRAPORA – PM recupera carga roubada avaliada em quase R$ 250 mil

Policiais militares do 55º Batalhão recuperaram, no último fim de semana, uma carga roubada de um caminhão na cidade de Corinto, avaliada em aproximadamente R$ 250 mil. O crime foi informado à Polícia Militar, na tarde do último sábado, 25, por uma empresa de monitoramento de veículos. O crime foi cometido no Posto Cerradão, de onde os marginais seguiram para Pirapora.

Com as informações e com as características do veículo, os policiais militares montaram uma operação de cerco e bloqueio e iniciado um rastreamento para localizar e prender os criminosos. Durante os levantamentos, as equipes apuraram que a mercadoria que estava no caminhão fora descarregado em um galpão na Rua Vereador José Taciano Filho, em Pirapora.

ENVOLVIDOS

Imediatamente, as guarnições seguiram para o local e depararam com o caminhão roubado e um ônibus, cujo motorista já é conhecido no meio policial da cidade de Jequitaí.  Após abordar e prender o suspeito e outras três pessoas que também estariam envolvidas no crime, os policiais militares encontraram no ônibus dois dos pneus da carreta e dois galões de 50 litros, contendo óleo Diesel.

No mesmo galpão, foram apreendidas 19 calotas de proteção dos parafusos da roda da carreta junto ao banco do motorista do ônibus. Ainda conforme os levantamentos, a carga roubada recuperada está avaliada em R$ 248 mil. Tudo leva a crer que o galpão vinha sendo utilizado pelos ladrões já há algum tempo.

Diante do flagrante, J.W.N., 55 anos; F.M.M., 42 anos; O.J.S.F., 35 anos, e J.W.S., 38 anos, juntamente com a mercadoria roubada, foram conduzidos a delegacia de Paracatu, onde ficaram à disposição da Justiça, sendo os veículos levados para o pátio conveniado.  (Alexandre França)

PREFEITO E IRMÃOS SÃO PRESOS POR AGREDIR SOLDADO DA PMMG

Uma briga envolvendo o prefeito de Rio Manso, Adair Dornas dos Santos (PSDB), o irmão dele e um soldado, de 34 anos, durante a reinauguração de uma quadra poliesportiva deixou a população da cidade, que fica na região Central do Estadual, indignada. A discussão, que foi marcada por chutes, pontapés e socos e que envolveu a mulher do soldado e a cunhada do prefeito, ocorreu nessa segunda-feira (20).
Segundo o relato do soldado lotado na 7ª Companhia Independente da Polícia Militar de Rio Manso aos militares que registraram a ocorrência, ele foi agredido sem motivo aparente pelo prefeito e irmão. O militar, que estava de folga, contou que foi golpeado nas costas e no rosto - o que causou um corte profundo na região da boca. O soldado chegou a sacar a pistola 7,6 mm que estava guardada em uma mochila, segundo ele, para conter as agressões que recebia dos homens. Um cabo, de 31 anos, que também estava na quadra interveio na briga e desarmou o militar.
A esposa do soldado, de 31 anos, disse aos militares que registraram a ocorrência que a briga foi iniciada depois que ela e a cunhada do prefeito, de 40 anos, discutiram em relação à partida que era realizada na quadra. Elas bateram boca e o prefeito, irritado com a confusão, retirou a mulher do irmão do poliesportivo. Em seguida, ele voltou agredindo o soldado pelas costas, conforme relato da mulher do militar. Ela contou ainda que, ao ver a briga entre prefeito e marido, tentou acabar com as agressões, mas acabou sendo ferida pelo irmão do prefeito. Ela foi agredida com socos na cabeça e, em seguida, teria caído no chão, ferindo o joelho, braço e mão direita, conforme relatou.
Em sua versão aos militares, porém, o prefeito disse que entrou na confusão para conter as agressões. O soldado foi encaminhado para a delegacia de Betim, na Grande BH, e a arma usada por ele para intimidar os agressores também foi apreendida.
A reportagem de OTempoOnline tentou entrar em contato com o prefeito de Rio Manso, mas não obteve sucesso. Na 7ª CIA, onde o soldado envolvido é lotado, a informação de um militar é de que há uma orientação do comando da Polícia Militar para que não sejam repassadas informações sobre o caso. O militar apenas confirmou a existência da ocorrência.

Pequeno traficante não vai mais para prisão

Uma resolução do Senado publicada nesta semana abriu brecha para que pequenos traficantes possam cumprir penas alternativas, em vez de ficar na prisão. O ato suspendeu um trecho da legislação de entorpecentes que proibia a conversão do cumprimento de pena na cadeia nos casos de tráfico de drogas em punições mais leves, como a prestação de serviços comunitários. A decisão foi tomada a pedido do Supremo Tribunal Federal (STF), que decidiu que essa proibição da troca de penas era inconstitucional.
Aprovada em 2006 pelo Congresso e envolta em polêmicas discussões, a lei de entorpecentes ficou famosa por endurecer as punições a traficantes – a pena mínima para o tráfico subiu de 3 para 5 anos, por exemplo – enquanto abrandava as penas voltadas aos usuários de drogas.

O objetivo era combater o tráfico e, ao mesmo tempo, focar na recuperação do usuário. A nova resolução, porém, relativiza essas diferenças, permitindo que pequenos traficantes que sejam réus primários com bons antecedentes e não tenham vínculos comprovados com organizações criminosas também possam prestar serviços comunitários, de acordo com o julgamento de cada caso.
O STF já havia decidido em alguns casos que penas alternativas poderiam ser aplicadas aos traficantes – o entendimento é de que a Convenção Contra o Tráfico Ilícito de Entorpecentes e de Substâncias Psicotrópicas, ratificada pelo Brasil em 1991, é de hierarquia superior à lei e permite a adoção de sanções mais brandas. Agora que a resolução do Senado foi editada, todos os juízes estão obrigados a seguir esse entendimento – o que causou polêmica entre juristas, advogados e magistrados. "Isso é um desserviço ao combate ao tráfico. Estamos vivendo uma situação muito difícil, porque as penas restritivas de direitos são extremamente benevolentes", afirma o desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo José Damião Cogan.

Militares na função de educadores

IPATINGA - O elevado envolvimento de jovens e adolescentes com a criminalidade e as drogas levou a Polícia Militar a aperfeiçoar seu modo operacional com esse público na última década. Para fazer frente a essa nova realidade, vários projetos educativos foram criados no âmbito da corporação. A metodologia desenvolvida prioriza as ações no ambiente escolar por entender que é nesse local que o público infanto-juvenil busca referências para sua formação social e cultural.
Por isso, a PM incorporou ao seu método de trabalho projetos como o POPI - Polícia Protagonista da Proteção Integral da criança e do adolescente -, o PROERD - Programa Educacional de Resistência às Drogas - e o JCC - Jovens Construindo a Cidadania.
Todas essas atividades são hoje trabalhadas nas companhias dirigidas pelo 14° Batalhão da Polícia Militar. Atualmente, em Ipatinga, 25 policiais estão envolvidos na Patrulha Escolar e atendem a cerca de 60 mil alunos, num total de mais de 50 escolas, entre municipais e estaduais.
De acordo com o capitão Luiz Magalhães, responsável pelo policiamento da 82ª Cia. de Polícia Militar, os projetos de prevenção em sua área têm colhido resultados positivos. Nas últimas seis semanas, foram feitas 45 visitas da viatura Patrulha Escolar nas 16 unidades de ensino pertencentes aos bairros ligados à guarnição.
A presença repressora da polícia só foi necessária para averiguação de suspeito em cinco oportunidades. Desde o início do período letivo, ainda não houve registros de crimes como agressão, furto, roubo e nem tráfico.
As escolas mais visitadas foram a Escola Estadual Nilza Luzia de Souza Butta, no bairro Caravelas, e a Escola Municipal Márcio Andrade Guerra, no bairro Veneza II. A maioria das abordagens foi para patrulhamento externo e participação em atividades escolares, como palestras.

Caso Serra.Corregedoria está perto de dar parecer sobre futuro de policiais acusados de matar tio e sobrinho

O destino profissional dos cinco policiais militares acusados de assassinar tio e sobrinho, há um ano, no aglomerado da Serra, em Belo Horizonte, deve ser conhecido em breve. No mês que vem, a Corregedoria da Polícia Militar espera dar um parecer sobre o processo administrativo movido contra os suspeitos. A expectativa dos familiares e amigos de Renilson Veriano da Silva, 39, e Jeferson Coelho da Silva,17, assassinados à queima-roupa com tiros de fuzil, é que os PMs sejam expulsos da corporação.

O processo na Justiça comum, pelo crime de homicídio, ainda não tem previsão de um desfecho. Nesse caso, apenas os soldados Jason Ferreira Paschoalino, 25, e Jonas David Rosa, 24, foram arrolados. Em outubro, ficou determinado que ambos iriam a júri popular, mas a defesa recorreu. Não há data também para quando o recurso será analisado.

"Somente teremos paz quando nós e toda a comunidade tiverem certeza da punição dos culpados", disse o pai de Jeferson, Denílson Silva. Se condenados, Paschoalino e Rosa podem pegar até 33 anos de prisão.

As mortes aconteceram no dia 19 de fevereiro de 2011, em uma ação do Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam). Os soldados são acusados de matar à queima-roupa. Na época do crime, moradores do local denunciaram que suspeitos estavam envolvidos com favorecimento no tráfico de drogas. Para justificar as mortes, segundo o Ministério Público Estadual, os militares simularam um falso tiroteio para justificar a ação, que culminou nas mortes.

MURIAÉ - Ação conjunta apreende mais de 50Kg de maconha e 12Kg de cocaínaMURIAÉ - Ação conjunta apreende mais de 50Kg de maconha e 12Kg de cocaína

Durante operação conjunta, policiais militares do 47º Batalhão e policiais civis apreenderam, no último dia 14, em Muriaé, 51,376kg de maconha, 12,8Kg de cocaína, armas e farta munição.

Foi cumprido mandado de busca e apreensão em um imóvel localizado no Bairro Dornelas. No local, um homem foi abordado portando uma mochila, com um tablete de cocaína prensada que pesava aproximadamente 1kg.

No interior da casa, foram encontrados:

- R$ 23.767,85
- 241 cartuchos intactos de cal 9mm;
- 50 cartuchos intactos de cal. .45;
- 05 cartuchos intactos de cal .40;
- 06 cartuchos intactos de cal .38;
- 150 cartuchos intactos de cal. 22;
- 16 tabletes de pasta de cocaína (peso aproximado de 12,800 kg)
- 52 tabletes de maconha prensada e 02 (dois) sacos de maconha prensada, (com peso aproximado de 51, 376 kg)
- Diversos objetos
- 02 silenciadores de uso restrito;
- 03 balanças de precisão;
- 04 carregadores, sendo dois de pistola 9mm e dois de metralhadora cal. 45;
- 03 aparelhos de celular;
- 01 revólver cal .38
- 01 revólver cal .38
- 01 pistola cal. 9mm
- 01 metralhadora cal. 45
- 02 motocicletas

BH EM NOITE VIOLENTA

Pelo menos oito pessoas morreram e uma ficou ferida; somente em Contagem, cinco foram baleados


A Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) registrou pelo menos sete homicídios durante a noite de quinta-feira (16) e a madrugada desta sexta-feira (17).

Cinco pessoas foram baleadas na noite de quinta, na rua Pequi, bairro Jardim Laguna, em Contagem, RMBH. Segundo a Polícia Militar (PM), testemunhas afirmaram que quatro pessoas teriam passado pela rua, em um carro Ford Ecoesport, e disparado contra as vítimas, que estavam sentadas na calçada.

Entre os feridos, estavam dois jovens de 16 anos. Além dos adolescentes, os baleados foram: Adriano Alves de Andrade, 32 anos, Robson dos Santos de Andrade, 26, e Glaicon Islander Alves Ferreira, 19. Todos foram socorridos e encaminhados para o Hospital Municipal de Contagem. Ninguém foi preso e ainda não há informações sobre as possíveis motivações.

Já durante a madrugada desta sexta-feira (17), um homem ainda não identificado foi morto a tiros. Segundo militares, o crime aconteceu em um beco na rua Suassui, bairro Carlos Prates, região Noroeste de Belo Horizonte. A vítima teria sido chamada para o lado de fora do portão de sua casa. O suspeito, então realizou os disparos. A possível motivação é um acerto de contas, já que a vítima era usuária de drogas. Até o momento ninguém foi preso.

Três horas após assalto PM prende autores, arma, dinheiro e droga

Itabira/MG - Após um assalto que deixou uma criança de 10 anos em estado de choque, a Policia Militar obteve êxito em prender os autores, Douglas Alves Santos, 20, e Darlan Alves Santos, 19; este último empunhava a arma de fogo e efetuou um tiro ao sair do comercio. Os militares também apreenderam um menor de 17 anos que auxiliou na fuga.
Após o assalto os militares do Tático Móvel, ROCCA e GIRO levaram apenas três horas para colocar as mãos nos três autores, bem como apreender a arma de fogo usada no assalto para intimidar as vitimas, dinheiro, touca ninja, vários maços de cigarro, bonés e uma mochila.
De acordo com informações dos militares, o menor ficou do lado de fora observando a movimentação da rua. Após os dois primos deixarem o local carregando a mochila contendo os objetos e valores roubados, os autores passaram a mochila para o menor que seguiu por uma rua diferente dos comparsas maiores.
O assalto começou a ser desvendado pelos PMs após a abordagem feita pela equipe do Tático Móvel e ROCCA a um grupo de quatro rapazes, na esquina de uma rua, cerca de oito quarteirões abaixo do comércio assaltado.
Naquele local foi verificado que um menor havia participado do assalto. Na casa deste jovem foi localizada uma mochila contendo as moedas, a camisa de um time de futebol (branca com o numero 11 nas costas) e vários bonés; na casa de outro a arma de fogo com quatro cartuchos intactos e os demais objetos, que totalizaram R$ 22,50 em moedas, R$234,00 em notas, mais 15 maços de cigarro.
No posto policial a reportagem conversou com o menor que disse “estar arrependido do crime". Chorando, ele disse que completou 17 anos a dois dias e que não iria mais participar de delitos.
Em conversa com os dois maiores, somente Darlan Santos, falou. “Eu estava com a arma, e o motivo do disparo foi para o alto e para evitar que a vitima visualizasse por onde fugimos". Reafirmando que foi usada apenas uma arma de fogo, que havia adquirido em outro estado pagando cerca de 1.100 reais, não informando na mão de quem comprou.
Após confeccionar o boletim de ocorrência, o trio, juntamente com os objetos arrecadados, foram levados para a delegacia de Policia Civil, no bairro Campestre.

SANTA MARIA DE ITABIRA ATUANTE, APREENDE ARMA DE FOGO

Durante a realização de um operação blitz de trânsito, próximo ao posto Araújo, os militares, abordaram o autor que na ocasião estava na condução do veiculo HGL 8619, Saveiro Prata. No momento em que o Cb Anderson, começou a realizar uma busca no interior do referido veiculo, o autor demonstrou nervosismo, tentando impedir que a busca fosse realizada. Após os militares parlamentarem com o autor, foi dada continuidade das buscas, momento que foi localizada, em uma pasta, sobre o assoalho, atrás do banco do passageiro, um revolver calibre .32 municiado com 06 (seis) cartuchos intactos. Foi dada voz de prisão ao autor e encaminhado a Depol para demais providencias. O veiculo foi apreendido e removido pelo guincho para o patio credenciado.

Materiais Apreendidos : 06 Cartuchos .32 ; 1 revolver Smith & Wesson calibre .32

Equipe : Sgt Welton, CB Anderson, CB Nonato e SD Borel.

Homens encapuzados assaltam mercearia em plena luz do dia e atiram na saída


Itabira/MG - Dois homens levaram terror ao pai e filho de dez anos, ao promoverem assalto na mercearia da família e atirar ao deixar o local.
Na tarde desta quinta-feira, 16 de fevereiro, por volta das 16h 40min, dois criminosos, ambos armados com revolver, renderam o comerciante e seu filho que estavam dentro do Comercial Bittencourt, na rua Ouro Preto no bairro Jardim das Oliveiras.
Abordado quando estava na porta do comercio, o proprietário teve a arma colocada na cabeça e levado para o interior do comercio para promover o assalto.
A dupla, encapuzada para esconder o rosto, e cada um empunhando um revolver, teria mandado o proprietário deitar no chão e ficar quieto, em seguida levou a quantia aproximada de R$180 reais e a carteira da vitima.
Após cometer o assalto a dupla deixou o local, e quando do lado de fora efetuaram um disparo com revolver para intimidar e afrontar as autoridades policiais. Fugindo a pé eles seguiram em direção ao bairro Nova Vista, porem com intuito de despistar a policia, ele seguiram correndo por uma terreno baldio – antigo Parque das Acácias – descendo sentido a rua Ponte Nova no mesmo bairro.
Várias guarnições do Tático Móvel, ROCCA (Ronda Ostensiva Com Cães Adestrados), e Giro (Policiamento com motocicleta) compareceram ao local e realizaram o rastreamento.
Sendo feita varias abordagens a suspeitos no bairro, porem sem localizar os autores. Uma das guarnições durante o patrulhamento localizou a carteira contendo os documentos da vitima, e um boné de cor preta que um dos autores usava no momento do crime.
O circuito de câmera flagrou toda ação dos criminosos, sendo feita a visualização por parte dos militares, e será repassada para a policia civil.
Estado de Choque: A informações obtidas no local com os militares, é que o filho do comerciante estaria em estado de choque, após ver o pai com uma arma apontada para cabeça e principalmente após o tiro efetuado pelos criminosos. Quando ainda da presença da reportagem e PMs no local, em prantos a criança chegou até a sacada da casa da família que fica em cima do comercio. Parentes tentavam consolar a criança que não parava de chorar.
Até o momento ninguém foi preso.

Bandidos explodem e levam R$ 80 mil de banco

JAGUARAÇU – A pacata cidade de Jaguaraçu foi despertada na madrugada desta terça-feira por um episódio que gerou muita correria e pânico. Quatro criminosos explodiram uma agência do banco Bradesco no Centro da cidade e roubaram boa parte do dinheiro que estava nos caixas eletrônicos. Estima-se que tenham sido levados cerca de R$ 80 mil. 

Foram duas explosões quase que simultâneas por volta das 3h30. Testemunhas revelaram que os bandidos chegaram à agência em um automóvel Gol escuro. Um artefato explosivo ainda com pavio foi apreendido pela perita Cristina Penha, da Polícia Civil, e será analisado.

O dinheiro roubado foi retirado das gavetas dos caixas eletrônicos. Em cima da agência reside um funcionário dos Correios, que conversou com o jornal VALE DO AÇO e estava muito assustado. “Tudo tremeu após a explosão e parecia um terremoto daqueles que vemos na TV. Estava dormindo e levantei apavorado. Minha casa estava escura. Bati a cabeça e tive um corte no supercílio esquerdo”, disse o morador, que ligou para o filho em Timóteo pedindo que ele acionasse a Polícia Militar. 

A notícia se espalhou rapidamente. A PM de Jaguaraçu recebeu reforço de Marliéria e Timóteo nas buscas pelos criminosos responsáveis pela explosão, mas – até o fechamento desta edição – ninguém foi encontrado. Informações não-oficiais colhidas pelo jornal VALE DO AÇO dão conta de que os caixas eletrônicos da agência foram abastecidos com R$ 120 mil no fim de semana. Além das bombas, os bandidos usaram uma picareta para ajudar a arrombar os equipamentos.

Polícia GIT realiza intervenção no Presídio de Itabira e aprende celular, droga e chuço


Itabira/MG - Os agentes do Grupo de Intervenção Tática (GIT) do Presídio de Barão de Cocais, realizaram intervenção “Bate Cela” no Presídio de Itabira que culminou com a apreensão de um aparelho celular, dois chuços e uma bucha de maconha que estavam em poder de uma detenta.
Por volta das quatro horas da madrugada desta quarta-feira, 15 de fevereiro, em uma rua próxima ao presídio, houve a concentração dos Agentes Penitenciários, do GIT com o apoio da ROCCA (Rondas Ostensivas com Cães Adestrados) do 26ºBPM, para dar inicio a esta intervenção no Presídio de Itabira e realização de uma varredura minuciosa das celas e dos cerca de 240 presos ali recolhidos.
O agente do GIT/Barão, Frederico M. Silva, foi quem coordenou toda a ação chamada por ele de “Intervenção”. Ele trouxe da cidade de Barão de Cocais cerca de nove agentes que se juntaram aos 21 agentes de Itabira, e contaram com o apoio da equipe ROCCA/Itabira, composta por cinco militares comandados pelo Tenente Martins.
Por volta das quatro horas da madrugada todos se reuniram em uma rua próxima ao presídio, onde foram passadas instruções para aqueles que iriam participar da operação dentro da unidade prisional de Itabira.
Por volta das 6 horas da manhã, perfilados e usando coletes balísticos, escudos de proteção “transparente”, capacetes, alguns usando toucas ninja, tonfa e armamento de grosso calibre (escopeta com munição ante-motim), outros levando nas mãos dezenas de algemas, todos marcharam até a porta do Presídio onde foi aberto o portão principal, permitindo a entrada dos que iriam participar da operação naquela unidade prisional.
Assim, iniciando os trabalhos, os presos foram retirados das respectivas celas, e com algemas foram colocados no pátio interno do presídio. Foram retirados também colchões e roupas do interior das celas que foram vistoriadas. O procedimento foi realizado nas demais alas e na ala pertencente às mulheres, setor que fica separado dos homens.
Durante a revista, em poder de uma detenta, foi localizado uma bucha “cigarro” de um produto esverdeado e com odor semelhante a maconha. Diante ao fato foi dada voz de prisão a detenta -que mesmo estando no interior do presídio deve ser procedida a sua prisão e condução para a delegacia de Policia Civil para registro de boletim de ocorrência, sendo tomada as medidas cabivéis.
Em seguida foram prosseguidas buscas nas demais celas, onde os agentes do GIT obtiveram o saldo de um aparelho celular e dois chuços apreendidos; um deles confeccionado com cabo de vassoura [madeira] e outro com um pedaço de ferro cromado, ambos medindo no máximo 20 centímetros.
Todo o material arrecadado ficou sob responsabilidade do Diretor do Presídio, Alex Vitor, para as devidas providencias.
GIT: Frederico Silva disse à imprensa que a equipe Tática cumpriu o trabalho com louvor, agradecendo aos demais agentes e PMs que apoiaram nesta intervenção, reafirmando que a missão desta equipe de Barão de Cocais é esta, "realizar o trabalho para que possa ser retirado esse tipo de objeto dos presídio e atuar em apoio as demais unidades prisionais quando necessário e solicitado", finalizou.  
Diretor: O Diretor do Presídio de Itabira chegou a unidade prisional por volta das 7h 20min para acompanhar toda a ação naquela unidade de sua responsabilidade. Em conversa com a reportagem ele discordou do colega, dizendo que não foi uma “intervenção” e sim um “Bate Cela”, como é chamada a revista nas celas e pertences dos presos. Dizendo ainda que foi ele quem fez a solicitação via oficio na terça-feira à Superintendência de Segurança em Belo Horizonte, para que fosse realizado o "Bate Cela" devido a aproximação do Carnaval e o fato do presídio ser afastado do centro da cidade; também relatando que o efetivo atual da unidade é baixo para tal serviço. "Assim sendo solicitado apoio dos agentes e também dos PMs, para dar mais lisura na realização do serviço, aqui não escondemos nada", afirmou.
Em relação ao material encontrado, o diretor disse que nestes quatro meses em que esta à frente do presídio já foi realizado Bate Cela e encontrado cerca de 12 aparelhos celulares, e agora somente um aparelho, é clara indicação de diminuição. Ele ressaltou ainda que isso se dá pelo fato de ter separado os detentos albergados [que dormem no presídio e saem de dia] dos demais detentos que ficam trancados. "Já ouve caso de detento albergado trazer objeto introduzido dentro do corpo, o que dificulta a localização dos mesmos dentro do presídio", finalizou o diretor.
Em tempo: Na cidade de Barão de Cocais foi o GIT que deu apoio à Polícia Civil na condução do empresário Leandro Pessoa, que prestou depoimento sobre o homicídio do andarilho na BR-381.
AL/Michele

CFS 2012



Edital CFS 2012 - São 600 Vagas e o curso terá duração de 13 meses e mais 15 vagas para o CFS especialista. As inscrições poderão ser realizadas de 15/02/2012 a 01/03/2012.

As provas serão aplicadas em 31/03/2012 e o início do curso está previsto para 17/08/2012.

Confira o Edital na íntegra: EDITAL CFS 2012

Blog Polícia PELA ORDEM

Homem morre após arvore cair sobre sua cabeça na área de Mineradora


Itabira/MG - Um acidente na área operacional de uma Mineradora, mais precisamente em uma plantação de eucaliptos, deixou o saldo de um trabalhador morto.
Na manhã desta terça-feira, 14 de fevereiro, funcionários de uma empresa contratada que presta serviços na área da mineradora no corte de eucaliptos estavam trabalhando no local usando uma motosserra, quando um deles fez o corte de uma árvore e o tronco veio a atingir a cabeça de um operador de motosserra, provocando morte instantânea.
Segundo informações, a mineradora teria contratado a empresa IMA Madeiras, que terceirou o corte dos eucaliptos através da empresa Mecaplan.
O acidente ocorreu próximo a entrada da Rampa de Voo Livre e de um Pesque e Pague, na MG-129, pouco depois do Parque de Exposições Virgílio José Gazire.
Uma equipe do SAMU foi acionada para comparecer ao local e constatou o óbito da vitima, identificada como José Carlos de Souza, 57, natural de São José do Goiabal. 
A Policia Militar foi acionada e compareceu ao local para registrar um Boletim de Ocorrência e tomar as devidas providências sobre o caso.
A Pericia técnica da Policia Civil deve ir ao local para realizar os trabalhos e liberar o corpo para ser removido por uma funerária credenciada.
AL/Michele
Veja matéria anterior:

Caminhão tomado de assalto é queimado nos Bambas; motorista escapou por pouco


Bom Jesus do Amparo/MG - Toda a ação dos policiais militares de Itabira começou por volta das 22horas deste domingo, 12 de fevereiro e terminou com saldo positivo, com a apreensão de duas armas de fogo, um Fiat usado no assalto e a prisão de quatro homens, todos com extensa ficha criminal por assaltos, homicídios, tráfico de drogas entre outros crimes.
De acordo com o caminhoneiro Renato Pereira, de 36 anos, ele estava vindo sentido a Itabira quando parou na Lanchonete “Amigão” às margens da rodovia para tomar um refrigerante. Assim que terminou o lanche ele prosseguiu viagem, mas não percebeu que estava sendo seguido por um veículo Fiat Uno, com quatro indivíduos dentro.
O veículo se aproximou do caminhão, sendo que um deles apontou duas armas para o caminhoneiro e disse: “Perdeu malandro!”.
Assim que Renato parou o caminhão, um deles começou a pedir a nota fiscal do que ele transportava. Percebendo que não havia nota, os criminosos ligaram para um comparsa e disseram: “Chefe, a carga não é da Johnson & Johnson!”.
Segundo a vítima, o chefe dos bandidos disse para que eles queimassem o caminhão com a carga e o motorista dentro. Em seguida, os bandidos mandaram o caminhoneiro voltar com o caminhão em sentido ao trevo de Bom Jesus do Amparo e parar próximo a um posto de gasolina. Os criminosos então ordenaram para que Renato buscasse duas embalagens pet de gasolina e não falasse nada para o frentista, por que ele estaria na mira da arma.
De acordo com Renato, ele chegou a urinar nas calças e usou o banheiro do posto para fazer outras necessidades, tudo isso por medo.
Ao chegar à localidade dos Bambas, por volta das 22h30, a vítima entrou com o caminhão em meio ao matagal. Em seguida, os bandidos mandaram Renato colocar fogo em seu próprio caminhão, que estava carregado com uma carga avaliada em R$35 mil.
Depois que o fogo se alastrou um dos homens empurrou Renato para o fogo. A vítima ficou toda 'sapecada'.
Segundo Renato ele teria dito aos bandidos: “Não me matem! Sou pai de família!”. Neste momento, um dos assaltantes disse: “Não podemos matar ele, porque será nosso escudo para a gente sair daqui!”.
Um outro veículo Fiat Strada também estava dando cobertura aos bandidos. Segundo o caminhoneiro, ele teve que ficar deitado no meio do mato até o dia amanhecer, seguindo a ordem dada pelos bandidos.
Às 23h a Central da Polícia Militar recebeu uma informação de que próximo à usina de asfalto da empresa SPA havia um veículo Fiat Uno parado, em atitude suspeita, com quatros indivíduos dentro.
Duas guarnições da Polícia Militar, juntamente com o coordenador do policiamento urbano se deslocaram para o local próximo a entrada para Ipoema, zona rural de Itabira. O veículo Fiat Uno foi encontrado. Assim, os militares ligaram a sirene e ordenaram que os homens encostassem.
Mesmo em alta velocidade, eles jogaram objetos no meio do mato. Ao serem revistados, a princípio nada foi encontrado com os indivíduos, mas, próximo onde eles jogaram os objetos, foi localizado um revólver calibre 38, municiado.
Diante disso, foi dada voz de prisão para Mauro Ribeiro Diniz, de 27 anos, Alexsandro Carlos Rodrigues, de 29, e os irmãos Wesley Ramos Moreira, de 31 e Webert Ramos Moreira, de 23 anos.
Ao verificar a ficha deles, os militares se assustaram com a periculosidade de cada um. Todos são violentos e tem uma extensa ficha criminal, com quase todos os artigos do Código Penal.
Os quatros foram levados para a Delegacia de Polícia Civil no bairro Campestre. Outra viatura ficou próximo ao local onde foi feita a prisão, para poder encontrar outras armas, assim que o dia amanhecesse.
As 06h20 da manhã Renato saiu do mato pedindo socorro. Chorando muito, ele foi amparado pelos militares. A vítima foi levada até a delegacia, e com muito medo, reconheceu todos os autores.
Por volta das 9h a Polícia Militar, uma equipe da Rocca e outros mais, comandados pelo Capitão Eleutério, encontraram mais uma arma.
A ocorrência foi registrada na 83ª Companhia da Polícia Militar. A Polícia Civil agora está investigando o caso para saber se tem ligação com outros assaltos a cargas com os mesmos "modus operandis".
AL/Michele

CARRO DE MILITAR É INCENDIADO EM REPRESÁLIA POR BANDIDOS DE IBITURUNA - MG


EDS:  2011-002352727-001



Homem é preso com armas de uso restrito, munição e grande quantidade de drogas em Contagem



Um homem de 28 anos foi preso no fim da manhã deste domingo (12) suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Militar, ele foi abordado em uma casa da Vila Beatriz.
“Nós fomos recolhendo informações e conseguimos encontrar o suspeito”, explica o tenente Salim, da 1ª Companhia de Missões Especiais.
Na casa foram apreendidas duas pistolas de uso restrito, de calibres 40 e 45; duas escopeta, calibres 12 e 28; uma carabina calibre 44; quatro carregadores e um silenciador.
Ainda foram encontrados 59 cartuchos calibre 380, 49 de calibre 40, 40 de calibre 45, 23 para calibre 12, um para pistola de 9mm e um para revólver 38 e R$ 3.705 em dinheiro.

Drogas - Os militares também apreenderam grande quantidade de drogas na residência. “Encontramos cerca de um quilo de crack, divido em duas barras, dois quilos de maconha prontos para a venda, um tablete de meio quilo da mesma droga, um quilo de cocaína dentro de uma sacola e 10 kg de ácido bórico em uma bacia, além de acetona e éter, usados para preparar o entorpecente”, afirma o tenente Salim.
O homem foi levado para a 6ª Delegacia Seccional de Contagem.

Militar reformado agride a mulher, reage à prisão e é detido em Esmeraldas

Um homem de 71 anos foi conduzido à delegacia após ter agredido a esposa, de 64 anos, dentro de casa. O homem, sargento reformado, reagiu à abordagem dos policiais que foram à residência após a denúncia da vítima. O caso aconteceu durante a madrgada no bairro Recreio do Retiro, em Esmeraldas.

Após resistir à prisão e tentar lutar com os policiais que registraram o flagrante, o idoso foi detido e encaminhado para a 10ª seccional de Ribeirão das Neves.

Bombeiro preso no Rio estaria em greve de fome desde quarta-feira


O bombeiro Benevenuto Daciolo, cabo da corporação que é um dos líderes da greve dos militares no Rio de Janeiro, está em greve de fome desde quarta-feira. A afirmação foi feita pela esposa do cabo, Cristiane Daciolo, neste domingo. 
Benevetuto está preso em Bangu 1 e, segundo o defensor público que o representa, recusa as refeições oferecidas no presídio carioca.
Cristiane Daciolo afirma que se encontrou com o marido por 15 minutos na última quinta-feira e disse desconhecer o atual estado de saúde do marido.

Faltam vagas para internação de dependentes químicos

Marcos é ex-usuário de droga e diz ter sentido na pele a
dificuldade para conseguir um tratamento adequado
IPATINGA - O município de Ipatinga conta hoje com convênios com quatro clínicas de reabilitação para usuários de drogas: a Associação Missão Resgate, Associação Reviver, Associação Águas Novas e Fazenda Água Viva. Existem 40 vagas para atender toda a cidade. O número é considerado pequeno diante do crescimento de dependentes químicos. De acordo com o presidente do Conselho Municipal Antidrogas de Ipatinga (Comad), Luciano Oliveira, a demanda sempre foi maior do que a oferta de vagas nas comunidades terapêuticas. "Até o ano passado tínhamos conhecimento de apenas três clínicas conveniadas à PMI e os usuários crescem a cada dia mais. Sendo assim, fica uma proporção muito fora do ideal e diante disso muitas famílias que procuram atendimentos não conseguem a internação", revelou Luciano.
Cada tratamento dura em média nove meses e só após este período o paciente é liberado. Ainda segundo Luciano Oliveira sempre existem casos de pessoas insatisfeitas com o baixo número de vagas para internação. "Reclamação e insatisfação são constantes e o que estamos tentando fazer é buscar ajuda junto ao Estado para melhorar a situação", informou o presidente do Comad.

DIFICULDADE
Marcos Silva é ex usuário de droga e disse ter sentido na pele a dificuldade para conseguir um tratamento adequado. "Realmente as vagas disponíveis gratuitamente são poucas e eu vivenciei isso. Eu passei por várias clínicas de reabilitação, mas tive que pagar pelos tratamentos. As ajudas ainda são poucas e muitas pessoas querem ser ajudadas, mas não têm condições de custear um bom tratamento", relatou Marcos.
Depois de se recuperar do vício ele decidiu montar uma clínica de reabilitação para tentar oferecer um tratamento diferenciado a quem quer deixar o vício. "Montei a clínica porque percebi que em muitos lugares por onde passei havia deficiência no tratamento. Então fui buscar formas inovadoras para contribuir na recuperação de quem precisa se livrar das drogas. Mas também precisamos de ajuda. No caso de algumas pessoas que não têm condições de custear o tratamento, nós conseguimos atender gratuitamente e por conta própria. Porém, é difícil manter os profissionais que fazem parte deste programa", revelou o ex-usuário de drogas.

PM de Barão de Cocais recaptura “Tiziu” que havia fugido da Apac

BARÃO DE COCAIS (MG) – O interno Jairo Henrique “Tiziu”, 46 anos, foi recapturado por policiais militares de Barão de Cocais, na localidade de Boa Vista, zona rural da cidade, depois de fugira da Apac e de dentro de uma viatura da PM.
Na noite desta quarta-feira dia 08 de fevereiro, Tiziu que estava internado na Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac) de Santa Bárbara, conseguiu escapar indo direto para casa de seus parentes, onde nesta quinta-feira dia 09 de fevereiro, discutiu com sua amasia.
Policiais militares foram ao local e prenderam Tiziu, mas durante o trajeto da área rural até a Delegacia de Polícia Civil de Barão de Cocais, Jairo Henrique conseguiu estourar a fechadura da tampa traseira da viatura e pulou do carro ainda em movimento.
Algemado, Tiziu correu pelo matagal e só foi recapturado cerca de três horas depois, na localidade de Boa Vista, quando populares denunciaram anonimamente o paradeiro do fugitivo.
O detento havia conseguido soltar um dos braços da algema e o outro lado estava apertado em seu punho, uma vez que ele disse ter tentado estourar a algema, usando uma marreta e um prego enferrujado.
Tiziu então foi levado à Delegacia de Barão de Cocais, depois de medicado em uma unidade de saúde do município.
FABIANO PALAURO - FATOSDEMINAS

Após reunião, representantes da PM decidem manter greve na Bahia


Representantes da Aspra definiram que greve continua.
Coronel Castro disse que para o comando da PM, greve já não existe mais.

Do G1 BA
91 comentários
pms; bahia; greve (Foto: Margarida Neide/Agência A Tarde)Após assembleia, PMs decidem manter greve. (Foto: Margarida Neide/Agência A Tarde)
Terminou no início da noite desta sexta-feira (10) a reunião realizada pela Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares (Aspra), na Bahia. Durante encontro, PMs decidiram que greve continua. A reunião aconteceu na sede do Sindicato dos Bancários, no bairro dos Aflitos, em Salvador. Cerca de 300 homens participaram da assembleia. No início da noite, representantes saíram cantando que a greve da Bahia continua.
O comandante geral da Polícia Militar da Bahia, coronel Alfredo Castro disse na manhã desta sexta-feira (10) que, para o Comando da Polícia Militar, a greve já não existe mais. "Tudo tem começo, meio e fim. Na minha ótica, o fim da greve está decretado. Existe uma pequena minoria que resiste à convocação do comando da PM", disse em entrevista coletiva.
"O que está acontecendo agora, a partir de hoje, é que o comando está tomando como ausência ao serviço e vai abrir um processo administrativo para avaliar as punições", afirmou. Entre as punições anunciadas, haverá corte nos pontos, que não terá caráter retroativo aos dias de greve. As associações envolvidas no movimento ainda se pronunciaram. Nova assembleia está marcada para o fim da tarde desta sexta-feira.
Ainda segundo o comandante, um levantamento feito até as 9h desta sexta-feira apontava que 85% dos policiais militares já estavam nas ruas de Salvador e região metropolitana. Ele admitiu, no entanto, que em bairros do subúrbio da capital há ausência expressiva de policiamento. "Buscamos reforço de tropas de reserva como o Choque e unidades especializadas como a Caartinga", disse.
Trânsito é normal nas principais vias de Salvador nesta sexta-feira (9) (Foto: Reprodução/ TV Bahia)Aos poucos, rotina na capital vai voltando ao normal
(Foto: Reprodução/ TV Bahia)
Sobre o interior do estado, o coronel Alfredo Castro informou que o comando das unidades da PM responsável pelo policiamento nas regiões oeste e norte da Bahia, afirmou que 80% do efetivo está trabalhando normalmente nesta sexta-feira. "No interior, 80% dos policiais já voltaram ao trabalho. Estamos fazendo intervenções em cidades do sul, como Ilhéus, Itabuna e Porto Seguro e Paulo Afonso, no norte, onde ainda o efetivo não é satisfatório para que o policiamento volte ao normal", disse o comandante da Polícia Militar.