Quatro assaltos em Ipatinga.

Menores de bicicleta assaltam garota
Nesta quinta-feira, na altura da rua Alphonsus Guimarães número 132, no Bairro Cidade Nobre, Ipatinga, A.G.P., de 21 anos, residente no mesmo bairro, foi abordada por dois indivíduos aparentando serem menores. Os autores estavam em uma bicicleta, tipo Poti, de cor branca.

Um dos suspeitos estava armado com uma faca, no momento em que anunciaram o roubo. Levaram da vitima sua bolsa contendo R$ 200 em dinheiro e um aparelho celular marca Sansung. Foi realizado rastreamento pela polícia, porém, sem êxito.


Roubo a posto de gasolina no Canaã
O posto de gasolina localizado na avenida Selim José de Sales, número 505, no bairro Canaã, em Ipatinga, foi assaltado nesta quarta-feira, por volta das 01h30. O fato foi registrado na Delegacia de Polícia, às 9h00 do mesmo dia. 

Ramon Francisco Pereira, de 20 anos, residente a rua Rouxinol, no bairro Vila Celeste, frentista do posto, foi abordado por um indivíduo – de aproximadamente 1,65 metros, moreno claro, trajando blusa azul e bermuda preta - exibindo uma arma de fogo na cintura. Na avaliação da vítima, parecia ser um revólver calibre 38.Após subtrair do caixa do posto, aproximadamente, R$ 70,00, o autor fugiu em uma motolcicleta Honda, CG 150, de cor preta, que se encontrava estacionada do outro lado da avenida. O rastreamento foi realizado pela polícia, porém sem êxito.

Assalto à mão armada contra transeunte
IPATINGA - Maurício Coelho Pereira, de 34 anos, foi vítima de um assalto, na última quarta-feira, por volta das 12h30, quando transitava pela rua Caetés, à altura do número 350, no bairro Iguaçu, em Ipatinga.A vítima foi abordada por dois indivíduos, sendo um de cor branca, vestindo blusa de manga comprida, de cor azul e branca e bermuda. O outro, moreno, trajava blusa escura de manga comprida e bermuda. Ambos portavam armas de fogo, tipo revólver, e anunciaram o roubo. Foi roubado um cordão de ouro, de aproximadamente 0,06g (seis gramas).

Os autores fugiram em uma motocicleta escura, tipo Honda/CG Titan, que estava estacionada nas proximidades, tomando rumo ignorado.

Assalto contra salão de beleza no Canaã
O menor infrator D.J.R., de 16 anos, residente à Rua Arão, no bairro Canaã, acompanhado de outro indivíduo, não identificado, assaltou, na última quarta-feira (26), por volta das 11h00, o salão de beleza, “Joelma Olive”, localizado no mesmo bairro.

As vítimas, Joelma Matias, 34 anos; Ellen Santos Martins, 30 anos; Maria Pereira Chaves, 54 anos; Acliênia Medeiros Pereira, 29 anos; e Izabel Cristina Aparecida dos Santos, de 36 anos; informaram que dois indivíduos entraram no estabelecimento, de arma em punho e anunciaram o assalto.

Foram roubados das vítimas duas alianças de ouro; R$ 110,00 em dinheiro; uma bateria de aparelho celular; um relógio de pulso marca Gues; dois aparelhos celulares; e dois anéis banhados a ouro.

As vítimas foram trancadas no interior do salão e os autores fugiram a pé rumo ao Bairro Canaãnzinho. Pelas descrições feitas, um dos indivíduos é alto, moreno escuro, trajando bermuda Jeans e camisa escura. O outro é baixo, magro, moreno, usando camisa branca e bermuda escura.

No rastreamento feito, o menor infrator Daniel foi localizado na Rua Abdias e apreendido, sendo localizada um cordão de ouro e uma aliança.

Governo de MG, PM-SP e 8 órgãos abrem prazo para 5,6 mil vagas

Pelo menos 10 órgãos abrem inscrições nesta segunda-feira (1º) para 5.652 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 14.976 no Grupo Hospitalar Conceição, no Rio Grande do Sul. Somente no governo de Minas Gerais são 3.410 vagas.

Os órgãos que abrem as inscrições são os seguintes: Câmara Municipal de Cascavel (PR), governo de Minas Gerais, Grupo Hospitalar Conceição, no Rio Grande do Sul, Polícia Militar do Estado de São Paulo, Prefeitura de Ananindeua (PA), Prefeitura de Betim (MG), Prefeitura de Coronel Murta (MG), Prefeitura de Jati (CE), Prefeitura de Limeira (SP) e Prefeitura de Sabinópolis (MG).

Câmara Municipal de Cascavel (PR)
A Câmara Municipal de Cascavel (PR) divulgou edital de concurso público para 52 vagas em cargos de nível alfabetizado, fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 1.025,57 a R$ 2.630,53 (veja aqui o edital).
Os cargos de nível superior são para assessor de comissão permanente de economia, finanças e orçamento, assessor de comissão permanente de viação, obras públicas e urbanismo, assessor de comissão permanente de educação, cultura e desporto, assessor de comissão permanente de saúde e assistência social e jornalista repórter.
As vagas de nível médio são para oficial legislativo I e II e recepcionista.
Os postos de nível alfabetizado e fundamental são para agente administrativo nas funções de copeiro e zeladora, agente de segurança, agente de serviços gerais, guarda patrimonial e motorista.
As inscrições podem ser feitas entre os dias 1º e 31 de outubro pelo site www.saber.srv.br. A taxa é de R$ 20 para nível alfabetizado e fundamental, R$ 30 para nível médio e R$ 60 para nível superior.
Os candidatos também podem se inscrever presencialmente na sede da câmara, localizada na Rua Pernambuco, 1843, de segunda a sexta-feira, das 9h às 11h30 e das 14h às 17h.
A prova objetiva será aplicada no dia 25 de novembro. Ainda haverá prova de títulos para os cargos de assessor de comissão permanente e jornalista repórter.
O concurso terá validade de 2 anos e poderá ser prorrogado, uma única vez, pelo mesmo período.
Governo de Minas Gerais
O governo de Minas Gerais abriu concurso para 3.410 vagas para agente de segurança penitenciário na Secretaria de Estado de Defesa Social do Estado de Minas Gerais - 2.960 para o sexo masculino e 450 para o sexo feminino (veja aqui o edital).
O candidato deve ter concluído o ensino médio. O salário é de R$ 1.954,67 para jornada de 40 horas semanais, podendo ser em regime de escala, incluindo o período noturno, sábados, domingos e feriados.
As vagas são para os estabelecimentos prisionais das Regiões Integradas de Segurança Pública.
As inscrições devem ser feitas pelo site www.ibfc.org.br de 1º a 30 de outubro. A taxa é de R$ 50.
O concurso terá prova objetiva de múltipla escolha e redação, prova de condicionamento físico por testes específicos, exames psicológicos, comprovação de idoneidade e conduta ilibada, exames médicos e curso de formação técnico-profissional.
Todas as provas, testes ou exames serão realizadas em Belo Horizonte, ressalvadas a primeira e sexta etapas, correspondentes à prova objetiva de múltipla escolha e redação na qual o candidato poderá optar pelo município que quer realizar a prova.
A aplicação da prova objetiva está prevista para o dia 2 de dezembro, com duração de 5 horas.
Grupo Hospitalar Conceição, no Rio Grande do Sul
O Grupo Hospitalar Conceição, no Rio Grande do Sul, divulgou edital de concurso público para 48 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de nível fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 975,60 a R$ 14.976. As vagas são para os hospitais Nossa Senhora da Conceição, Cristo Redentor e Fêmina. Todas as vagas são para Porto Alegre. O edital ainda não foi divulgado.

OS MILITARES DE HOJE E O ATUAL DESGOVERNO DO PT - VEJAM COMO ESSE POVO DO PT É SUJO MESMO, E COMPROMETIDO COM A TOTAL FALTA DE ÉTICA...


Exclusivo - O Exército escalou seus mais confiáveis e melhores oficiais de inteligência, lotados na Abin, para dar proteção ao ministro Joaquim Barbosa – relator do processo do Mensalão no Supremo Tribunal Federal. Ao montar esquema especial para dar segurança a Barbosa – que sempre foi avesso a isto -, empregando seus homens lotados na Agência Brasileira de Inteligência, o EB atropelou o Palácio do Planalto e a cúpula da Polícia Federal ligada aos esquemas petralhas de poder.

Apenas como contraponto: os ministros Ricardo Lewandowski e José Dias Toffoli também contam com proteção intensa. Só que de agentes da Polícia Federal – e não da turma verde-oliva lotada na Abin. A proteção a Barbosa não é só física. Tudo que se fala dele e sobre ele, nos ambientes de poder, também é monitorado. Além disso, todo o sistema telefônico da residência e de seu gabinete no STF foi alterado e passa por uma constante ação de pente fino.

A iniciativa de proteger Barbosa tão intensamente gera uma crise. A Presidenta Dilma Rousseff, como Comandante-em-chefe das Forças Armadas, sequer foi consultada sobre a medida. A blindagem ao Barbosa foi decidida entre alguns integrantes do Alto Comando do Exército e o General José Elito, do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência. Aumentará em muito a guerra não-declarada e a insatisfação pessoal mútua entre Dilma e seu ministro Elito.

No fundo, a proteção especial a Barbosa é mais uma operação montada pela chamada “Comunidade de Informações” que sempre tenta agir de forma invisível – embora quase sempre não consiga em uma Brasília cercada de ouvidos eletrônicos em todos os buracos do poder. Em tempos passados, tal comunidade era famosa por vigiar e detonar a esquerda explicitamente. A turma do SNI botava medo. A turma da Abin ligada ao EB – onde a petralhada ainda não conseguiu se infiltrar explicitamente – tenta ser mais “light”. 

Deputado esteve com governador, na pauta: prêmio de produtividade e excedentes do concurso da Polícia Civil




Foto da notícia

O Deputado Sargento Rodrigues conversou hoje, sexta-feira (28/09), com o Governador Antônio Anastasia, para obter esclarecimentos sobre diversos assuntos da segurança pública, dentre esses dois tiveram destaque: o pagamento do Prêmio de Produtividade e a situação dos excedentes do concurso da Polícia Civil.

Na oportunidade Rodrigues destacou que fossem chamados os excedentes do último concurso da Polícia Civil, resaltando que seria mais econômico e mais viável para a própria administração pública, aproveitar o concurso já realizado, tendo em vista os gastos na preparação e execução do concurso. E, por outro lado, o número de 291 delegados completará o quadro mas, logo em seguida, haverão aposentadorias, fazendo com que haja necessidade de novas contratações.

O Governador repassou as seguintes informações:

1) reafirmou que o Prêmio de Produtividade será pago ainda este ano;

2) respondeu que fará todo o possível para convocar os excedentes.

FONTE: SITE DO DEPUTADO SGT RODRIGUES

Atentado a bomba atinge casa de agentes penitenciários


Publicação: 29/09/2012 11:39 Atualização: 29/09/2012 12:55
Um atentado a bomba atingiu uma casa onde moram três agentes penitenciários na madrugada deste sábado, em Campo Belo, no Sul de Minas. Segundo a Polícia Militar, um artefato semelhante a dinamite foi deixado entre duas casas, na Rua Antônio Correa dos Reis, Bairro Oliveiros. 

Polícia não descarta que o crime pode ter sido em represália as constantes apreensões de drogas na cadeia pública da cidade, nos últimos dias. Segundo a PM, os agentes Maria Laura Fonseca, Douglas Gonçalves de Paula e Luiz Carlos dos Santos foram contratados recentemente pela Subsecretaria de Administração Prisional (Suapi), órgão ligado à Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds). No momento da explosão os dois homens não estavam na residência.

A ação criminosa deixou estragos em ambos os imóveis, porém ninguém ficou ferido. A residência dos agentes teve parte da laje e de uma parede danificadas, além de um portão destruído. A casa ao lado sofreu avarias em uma parede, sendo que o impacto da explosão ainda quebrou os vidros da parte da frente da casa, provocou rachaduras em sua estrutura, causando risco de desabamento.

Os policiais isolaram o local da explosão para os trabalhos da perícia e de um engenheiro da prefeitura.

Polícia Civil da região tem novo Superintendente de Investigação

Novo superintendente foi apresentado ao 12º DPC e espera resolver o problema da falta de efetivo na região
Jeferson Botelho: “A flexibilização da legislação beneficia o deliquente”      (Crédito: Divulgação PC)


IPATINGA – O novo superintendente de Investigações e Polícia Judiciária (SIPJ) da Polícia Civil de Minas, Jeferson Botelho Pereira, foi apresentado na tarde de ontem aos delegados do 12º Departamento de Polícia Civil com sede em Ipatinga. A solenidade contou ainda com a presença do chefe do Departamento, Walter Felisberto, e outras autoridades e policiais civis.
Como superintendente de Investigações, Jeferson Botelho passa a integrar o Conselho Superior da Polícia Civil, que é a instância superior deliberativa da instituição e substitui o antigo superintendente, Wellington Perez. 
O policial disse que já é possível traçar um mapa geográfico da criminalidade da região e, assim como muitas do país, o Vale do Aço não é diferente no que se refere ao aumento no tráfico de drogas, fator desencadeador de crimes violentos. “Infelizmente a gente percebe que o tráfico de drogas é uma epidemia social que merece um esforço concentrado de toda sociedade civil e Estado para que possamos fazer um enfrentamento efetivo”, pontuou.
O superintendente destaca que o perfil da criminalidade brasileira passou a se transformar no final da década de 80 com a disseminação do crack, e que é preciso atacar a causa emergente do crescimento dos índices de violência em todo país. “A gente vem fazendo o enfrentamento da chamada criminalidade violenta, principalmente por meio de operações pontuais e cirúrgicas para o desmantelamento dos grupos organizados”, disse. 

VIOLÊNCIA 
Em recente pesquisa da Secretaria de Defesa Social, o Vale do Aço foi apontado como um dos três lugares com maior crescimento de crimes violentos em Minas Gerais, ao lado da Região Metropolitana de Belo Horizonte e Montes Claros. Jeferson Botelho, que também é professor de Direito Processual e Penal, considera que atualmente o Brasil atravessa uma flexibilização da legislação em benefício do delinquente, o que favorece o aumento da criminalidade. “A lei sobre drogas autorizou a substituição da pena privativa de liberdade pela restritiva de direito e, mais recentemente, o Supremo Tribunal Federal editou uma súmula proibindo a internação de menores infratores envolvidos no tráfico de drogas”, expõe. 

EFETIVO 
O jornal Diário Popular já publicou inúmeras notícias sobre a falta de profissionais dentro das delegacias do Vale do Aço. Faltam delegados, detetives e escrivães. A situação de Coronel Fabriciano é a mais crítica. Desde que três delegados foram transferidos da unidade, no semestre passado, até hoje as vagas não foram repostas. Atualmente a delegacia conta com apenas um delegado. O número de investigadores também caiu, o que gera um acúmulo de inquéritos a serem concluídos. 
Sobre a falta de efetivo, o novo superintendente da Polícia Civil do Estado diz ter boas notícias, já que uma turma com mais de 290 escrivães estão se formando na Academia de Polícia Civil. “Eu quero acreditar que o mês que vem já tenha a formatura com pessoas designadas para o 12º Departamento de Polícia Civil”, disse, acrescentando que há boas expectativas também para o aumento no número de delegados. “O último curso do concurso para delegado deve começar no início de outubro e o governo do Estado autorizou mais 1.497 vagas para peritos criminais, médicos legistas, analistas e servidores administrativos”, adiantou. 
O Chefe do 12º DPC, Walter Felisberto, disse que já expôs para o novo superintendente a real situação da região, tanto no que se refere à criminalidade, quanto sobre a necessidade de novos profissionais. “Nosso efetivo está muito aquém do que seria necessário e do que prevê a lei. A gente espera que o doutor Jeferson, na hora em que for distribuir, seja generoso com o 12º Departamento”, solicitou.

Delegado tem 15 anos de carreira
Jeferson Botelho tem 15 anos de carreira na Polícia Civil, iniciou sua trajetória na Delegacia de Polícia de Repressão a Furtos e Roubos, passando pela Delegacia de Repressão a Tóxicos e Entorpecentes e Repressão a Homicídios, em Teófilo Otoni. Logo depois trabalhou na comarca da cidade de Novo Cruzeiro, no Vale do Jequitinhonha, e nas Delegacias de Polícia Civil de Frei Gaspar, Ouro Verde de Minas e Ataléia, e foi titular da Delegacia Regional de Governador Valadares. Sua última lotação foi como chefe do 2º Departamento de Polícia, em Contagem.

Bandidos roubam malote com R$ 14 mil e atiram contra veiculo que passava pelo local


ITABIRA (MG) – Dois bandidos armados roubaram cerca de R$ 14 mil que estava em um malote de uma casa lotérica próximo ao campo do Grêmio.
O assalto ocorreu por volta das 16h desta quinta-feira dia 27 de setembro, quando o proprietário da casa lotérica levava o malote para o banco do Brasil.
O proprietário da casa lotérica teria estacionado seu veiculo na rua Tiradentes (parte de cima do paredão) e seguiu a pé em direção ao banco, quando percebeu a aproximação de um homem com capacete na cabeça e arma na mão. O dono da lotérica chegou a jogar o malote na parte de baixo do paredão na tentativa de inibir a ação do criminoso, mas o bandido pulou o paredão e saiu correndo em direção ao banco do Brasil, onde seu comparsa o esperava com a moto ligada.
Quando iniciou a fuga, o bandido ainda atirou para trás e atingiu o capô de um GM Monza que passava pelo local. Ninguém se feriu neste fato.
Policiais militares fizeram rastreamento, mas os suspeitos ainda não foram localizados. O perito Erico Matos da Polícia Civil recolheu cápsulas de pistola semi automática no chão.
FABIANO PALAURO - FATOSDEMINAS

Continua na frente a melhor opção para Ipatinga


Maldito é o homem que confia no homem! @#$%

ENQUANTO ISSO A PRODUTIVIDADE..

.



Agentes penitenciárias denunciam diretor de presídio na Grande BH de abuso sexual

Reprodução TV Alterosa
De acordo com as agentes penitenciárias, as irregularidades já aconteciam desde 2010
27 de setembro de 2012 - Duas agentes penitenciárias denunciam o diretor do presídio de Caeté, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Murilo Pereira da Silva de assédio sexual e moral. Elas contam detalhes das supostas irregularidades do profissional.

" Ele parou em uma rua escura, pegou minha mão e passou nas partes íntimas dele. Eu estava de vestido, ele subiu a mão por baixo do meu vestido. E disse que, se eu não cedesse aos assédios dele, ele iria me destruir lá dentro (presídio), iria me derrubar", contou a mulher.

Ela descreve o que teria acontecido, quando o diretor do presídio de Caeté dava carona a ela, após sair de uma pizzaria, onde, segundo a mulher, estavam outros funcionários da unidade prisional. Ela conta que está afastada por causa de uma depressão e fala que não é a primeira vez que Murilo assedia mulheres do presídio. " Tem enfermeira que saiu de lá por causa disso. Tem auxiliar administrativo que sai de lá por causa disso", contou.

Outra agente penitenciária faz mais denúncias contra o diretor." Tem denúncia que ele até soltou presos para roubar peças para ele em pátio de apreensão de veículos da civil que fica do lado do presídio. De furto de material de construção. Ele já pegou pertences que eram enviados da secretaria para levar para casa dele...", relatou a mulher.

De acordo com as agentes penitenciárias, as irregularidades já aconteciam desde 2010. As denúncias foram feitas à Secretaria de Defesa Social, à Corregedoria do sistema prisional, ao Ministério Público e à Assembleia Legislativa. No dia 16 desse mês, Murilo foi afastado do cargo para que as investigações sejam concluídas.

Dois bandidos são presos após assaltarem Drogaria em Itabira

ITABIRA (MG) – Dois suspeitos foram detidos após assaltarem a Drogaria Oliveira, no bairro Pará. Um GM Chevette, um revólver e um rádio de comunicação com a frequência da Polícia Militar foram apreendidos com os suspeitos.
Por volta das 16h desta terça-feira dia 25 de setembro, quatro homens armados com revólveres e tampando o rosto com capacetes, entraram na Drogaria Oliveira, na rua Ipoema, bairro Pará e anunciaram o assalto.
Os bandidos pegaram o dinheiro e fugiram, sendo um deles pela rua Olinto Andrade e os outros três pela rua Bebé Magalhães. Os bandidos que fugiram pela Bebé Magalhães deram de cara com a viatura da sargento Janaina e cabo André, que reconheceram os bandidos e deram ordem para que os bandidos parassem.
Dois bandidos conseguiram fugir, mas o terceiro pulou o muro de uma casa e foi preso pelos PMs, com ele foi apreendido um revólver aparentando ser calibre 22. O rapaz assumiu ter cometido o assalto, mas a principio não quis revelar o nome de seus comparsas.
Outro suspeito (o que havia fugido em direção contrária) foi preso correndo pela rua José Braz, no bairro Moinho Velho, ele negou sua participação no assalto, mas foi reconhecido pelas vitimas.
Uma testemunha percebeu o GM Chevette chumbo, placa GQH-2707, estacionado próximo a sua casa e quando se aproximou do carro, percebeu que havia um rádio ligado e as chaves estavam na ignição, a testemunhas chamou a PM, que estava com o rapaz preso a cerca de 50 metros e mostrou o carro.
Os PMs se aproximaram do veiculo e viram que o mesmo estava aberto, dentro havia um rádio de comunicação falando na frequência da Polícia Militar, um aparelho celular, diversas roupas, possivelmente para que os bandidos trocassem de roupa após o assalto, para despistar a PM. O carro e o rádio comunicador foram apreendidos.

Tática dos bandidos – Os bandidos entraram na drogaria usando capacetes para esconder os rostos, depois fugiram com o capacete na cabeça, até chegarem à rua de trás do comércio, onde entrariam no GM Chevette e fugiriam sem que a PM percebesse, uma vez que os policiais iriam procurar por motos.
FABIANO PALAURO - FATOSDEMINAS

Vote Cecília prefeita para Ipatinga melhorar

Pesquisa aponta vitória esmagadora de Cecília em Ipatinga

Ações da Corregedoria da PMMG

Até quando a Corregedoria da Polícia Militar vai se achar acima do bem e do mal? Até quando vamos ver casos como este?



A Subtenente Érika do 16º Batalhão estava com seu IPVA atrasado em razão de estar endividada por ter se separado recentemente e ter dois filhos pequenos. Com isso, estacionou seu veículo do lado de fora do quartel.
Na terça-feira quando se dirigia a seu veículo avistou dois policiais ao lado de seu carro, cumprimentou-os e seguiu para sua casa.
Para sua surpresa, na Rua Conceição Para numero 52, Bairro Instituto Agronômico foi abordada por duas viaturas da Corregedoria comandadas pelo Tenente Alvarenga que determinaram que a militar desligasse o seu veículo e descesse do carro para uma busca em seu interior.
A militar estava fardada e não entendendo o porque desta abordagem a menos de 500 metros da 23ª Cia perguntou do que se tratava.
A Corregedoria vasculhou o carro da militar, tirou para a rua a cadeirinha de seus filho, abriu os pacotes de fraldas, tirou do lugar o estepe. Tudo isso na presença de vários paisanos que passavam pelo local e viram essa abordagem da militar fardada no meio da rua.
Como era de se esperar, nada foi encontrado e após o vexame rebocaram o carro da Subtenente com o IPVA atrasado e pediram "desculpas".
A militar pediu para ser levada para a cia que estava pertinho a fim de nao passar este constrangimento e a resposta foi não.
ENGRAÇADO A CORREGEDORIA AGIR ASSIM COM A SUBTENENTE E NÃO AGIR ASSIM QUANDO É UM MAJOR. 

VERGONHOSO
Fonte: Renata Pimenta, Blog da Renata

Operação Integração une Polícias e prende 11 pessoas

CERCA DE 60 POLICIAIS CIVIS E 80 MILITARES PARTICIPARAM DA OPERAÇÃO QUE TEVE INÍCIO NA MANHÃ DESTA TERÇA-FEIRA

AKR

IPATINGA - Cerca de 140 homens da Polícia Civil e Militar foram às ruas na manhã desta terça-feira (25), para levar a cabo mais uma operação conjunta entre as duas forças policiais no Vale do Aço. Denominada Operação Integração, por trabalhar a união entre as duas forças de segurança pública na cidade de Ipatinga e, por extensão, a toda região do Vale do Aço. Foram cumpridos diversos mandados de busca e apreensão, além de seis mandados de prisão, resultando na prisão de 11 pessoas, e na apreensão de um menor. 

AKR

A operação, que contou com a participação de cerca de 60 policiais civis e 80 militares, foi conduzida, no lado da Polícia Civil, pelos delegados João Luiz, Vitor Matsuoka e Gilberto Simão, comandados pelo delegado Alexander Esteves. O efetivo da Polícia Militar estava sob comando do Tenente Coronel Assis, comandante do 14°BPM. 

De acordo com o Tenente Coronel Assis, a operação foi iniciada por volta de 5h, cumprindo vários mandados de prisão e de busca e apreensão. Também foram realizadas ações de polícia ostensiva por guarnições da Polícia Militar de reforço, além do policiamento ordinário, durante o dia e a noite, com efetivos da companhia de recobrimento, policiais de folga, inclusive efetivos da administração e da banda de música, que reforçaram o policiamento nas ruas.

Foram apreendidos cerca de R$1200, porções de maconha e crack, além de câmeras e um computador, usados para o tráfico de drogas. Todos os materiais serão periciados e servirão de prova nos inquéritos policiais conduzidos pela Polícia Civil.


AKR

Resultados melhores
Ainda segundo o comandante do 14°BPM, operações como essa serão feitas periodicamente. “Essa é a política do governo do estado. É um momento muito importante de restabelecimento das relações entre as instituições, depois de um início de ano com algumas dificuldades. É com muita satisfação que conduzimos essa operação, e talvez o maior resultado seja a aproximação entre a Polícia Militar e a Polícia Civil, porque juntos temos resultados muito melhores do que aqueles apresentados pelas duas instituições trabalhando individualmente”, relatou o Tenente Coronel Assis em entrevista para a Rádio Vanguarda.

Ele ainda afirmou que os alvos da operação, em sua maioria, estavam relacionados ao tráfico de drogas e a crimes contra o patrimônio. Na casa de um traficante foram apreendidas câmeras de segurança, utilizadas para monitorar o que acontecia ao redor de sua residência e facilitar uma fuga, ou dificultar a ação da polícia. Durante a operação ele foi surpreendido, sendo apreendidos vários materiais em sua residência. De acordo com o comandante do 14° BPM eles serão usados como provas nos inquéritos da Polícia Civil que estão em andamento.


AKR

União das forças
De acordo com o delegado Alexander Esteves, que comandou a operação pelo lado da Polícia Civil, a operação foi denominada Integração por causa de uma política do Governo do Estado, que determina a união das duas forças de segurança pública. “Oportunamente novas operações acontecerão em todo Vale do Aço, na área do 12° Departamento da Polícia Civil. É uma determinação do doutor Walter Felisberto, chefe do 12° Departamento da Polícia Civil, que essa seja a primeira de muitas operações que irão acontecer no Vale do Aço e em toda área do 12° DPC, inclusive nas cidades de Caratinga, Ponte Nova e Manhuaçu” explicou o delegado em entrevista para a Rádio Vanguarda. 

Ele também reforçou a importância do disque denúncia, o telefone 181: “É um aparato muito importante da Polícia Civil. Muitas denúncias foram checadas pelos policiais e tivemos êxito na prisão de vários elementos apontados por elas. A população ordeira é o grande instrumento que nós, policiais, temos em nosso benefício. Todas as informações que vierem serão checadas, sendo guardado todo sigilo sobre o denunciante” concluiu o delegado Alexander Esteves. 

Homem da entrada no pronto-socorro e diz ter sido baleado – PM acredita em tiro acidental

26/09/2012


ITABIRA (MG) – O marceneiro Jadilson Oliveira Sá, 26 anos, foi atendido no pronto-socorro, vitima de disparo de arma de fogo. Ele alega ter sido baleado, mas os policiais acreditam que o rapaz possa ter atirado acidentalmente nele mesmo.
O rapaz deu entrada no pronto-socorro por volta das 23h desta terça-feira dia 25 de setembro. O fato ocorreu na rua Maria Firmino de Jesus, no aglomerado Madre Maria de Jesus.
Uma denuncia anônimas via Disque Denúncia Unificado (DDU) informou que a vitima possuía arma de fogo em sua residência.
Jadilson Sá contou aos PMs que estava na rua Maria Firmino de Jesus com sua filha de quatro anos no colo, quando um motoqueiro em uma moto preta se aproximou e efetuou dois disparos, atingindo a perna de Jadilson Sá com um dos tiros.
O marceneiro correu em direção a sua casa, temendo ser novamente baleado, então o motoqueiro teria fugido, tomando rumo ignorado. Em seguida Jadilson Sá procurou atendimento médico.
Os policiais que registraram o boletim de ocorrência, não acreditaram na versão do rapaz, pois da forma em que o tiro entrou na coxa da vitima, o atirador teria que ser a própria pessoa baleada ou estar a menos de um metro da vitima. Os PMs foram à casa do marceneiro, mas não localizaram nenhuma arma de fogo.
A esposa da vitima contou que ouviu o barulho de um estampido de tiro, mas não ouviu barulho do motor de motocicleta o que seria impossível, devido o local ser um morro íngreme e com saída apenas para cima.
O marceneiro foi medicado e passa bem.
FABIANO PALAURO - FATOSDEMINAS
POR 8 ANOS IPATINGA SE VIU CONDUZIDA POR UM GRUPO DE PESSOAS QUE NÃO TINHA COMPROMISSO COM O MUNICÍPIO, DEIXANDO A TRAÇAS UMA DAS MAIORES CIDADES DA REGIÃO. QUE VIU SEU EMPREGOS, SEU DESENVOLVIMENTO SIMPLESMENTE CAIR POR TERRA.

MAS AGORA IPATINGA TEM A OPORTUNIDADE DE VOLTAR A AVANÇAR...

...POR UMA IPATINGA MAIS JUSTA...COM RETORNO DA DIGNIDADE DO CIDADÃO.. POR UMA CIDADE COM DESENVOLVIMENTO HUMANO E SOCIAL... PARA ESTA CIDADE QUE SE TORNOU ÍCONE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA...

VOTE 13 DA VITÓRIA ....


VOTE 13 DE CECÍLIA...

PARA IPATINGA VOLTAR A CAMINHAR NO CAMINHO DO DESENVOLVIMENTO!!!

O BLOG DOS PRACINHAS APOIA INCONDICIONALMENTE CECÍLIA PREFEITA DE IPATINGA, QUE VENHA DIA 07 DE OUTUBRO.

CECÍLIA A FORÇA DE UM POVO

CURTA E COMPARTILHE AS FOTOS DE CECÍLIA NO face, CLIQUE AQUI

Arrombamento cinematográfico leva R$ 70 mil de caixas eletrônicos


Em uma ação ousada e bem planejada, cujos detalhes lembram um filme de ação, sem chamar a atenção de ninguém, bandidos arrombaram dois dos cinco caixas eletrônicos da agência do banco Santander no bairro Prado, Região Oeste de Belo Horizonte, levando R$ 69.860. 
arrombamento de caixa eletrônicoSegundo o sargento Maurício Romeiro dos Santos, da 125ª Cia do 22º Batalhão, o crime ocorreu  na madrugada de domingo (23) e só foi descoberto na manhã desta segunda-feira (24) por funcionários do banco, que acionaram a Polícia Militar. Eles notaram que um pequeno móvel - utilizado pelos clientes para preencher documentos - estava encostado em uma parede diferente. Ao ser afastado, o buraco na parede de gesso foi revelado. 
 
Segundo o militar, tudo indica que o crime foi praticado por profissionais. Ele acredita que um dos bandidos entrou na agência na noite de sábado, pouco antes das 22 horas, horário em que as portas são travadas automaticamente e só podem ser abertas por dentro. 
 
No interior da agência o ladrão abriu um buraco numa parede de gesso que fica do lado direito, onde estão instalados os cinco caixas eletrônicos. Para não chamar a atenção, o ladrão levou uma pequena vassoura, com a qual recolheu os detritos e jogou para o lado de dentro da parede. 
 
Um buraco foi aberto numa parede de gesso da agência bancária (Foto: Sargento Maurício Romeiro Santos - 125ª Cia 22 BPM)
Ainda conforme o militar, nesse momento o ladrão teria aberto a porta da agência para um ou mais cúmplices. Eles tiveram acesso às partes posteriores dos caixas eletrônicos, taparam o buraco com o móvel e começaram a arrombar os caixas eletrônicos. (Atualizado às 20h34)

 

Primo do goleiro Bruno ganha liberdade e proteção especial


Jorge Rosa Sales era adolescente quando Eliza Samudio foi sequestrada e morta. Ele teria participado dos momentos finais da vida da ex-modelo

Publicação: 24/09/2012 21:08 Atualização: 24/09/2012 21:56
Uma das principais testemunhas do sequestro, cárcere privado e morte de Eliza Samudio está de volta às ruas e sob proteção do Sistema Nacional de Assistência a Vítimas e Testemunhas. Jorge Rosa Sales, hoje com 19 anos, é primo do goleiro Bruno Fernandes e teria participado de todo o crime, desde quando Eliza foi trazida do Rio de Janeiro para Minas Gerais. Ele deixou o Centro Socioeducativo onde cumpria medida disciplinar por atos infracionais análogos aos crimes de homicídio triplamente qualificado e a sequestro e cárcere privado.

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) confirmou que Jorge terminou de cumprir a punição e ganhou liberdade na última semana. No entanto, o órgão não pode informar o dia em que ele deixou o Centro, para garantir a sua segurança.

A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), responsável pela administração dos Centros Socioeducativos, garantiu que o jovem já se encontra sob proteção especial do estado. A medida protetiva foi solicitada pelo advogado de Jorge, Eliézer Jônatas de Almeida Lima. Segundo o defensor, embora não tema queima de arquivo, é prudente que Jorge tenha sua integridade preservada.

Foragido de penitenciária dá nome falso e é preso


AKR 

Antônio Elcio Ramos, de 40 anos, e Felix dos Anjos Sobrinho, presos em flagrante por furto e receptação
IPATINGA - Dois homens foram presos no fim da noite de quinta-feira (20), no Bairro Veneza, por furto e receptação de mercadorias. Um deles era foragido da penitenciária Dênio Moreira, em Ipaba, onde cumpria pena por assalto a mão armada, e chegou a dar nome falso.  

Durante patrulhamento pela Rua João Patrício de Araújo, no Bairro Veneza, policiais militares se depararam com um indivíduo que se identificou como “Rodrigo dos Anjos Sobrinho”, de 30 anos. Ele carregava duas caixas de papelão cheias de peças de roupas novas e embaladas, sendo oito bermudas e 43 camisas. 

“Rodrigo” relatou que Antônio Elcio Ramos, de 40 anos, lhe entregou as roupas para que ele as comercializasse. “Rodrigo” deveria vender três pecas de roupa por R$ 50 e repassar o dinheiro para Antônio, que em troca lhe pagaria um jantar. 

Antônio foi localizado dentro do caminhão Mercedes Benz modelo 1218, placa GPZ-3006, de Contagem, que estava estacionado na Rua Novo Hamburgo. Posteriormente, foi constatado que as roupas que estavam em poder de “Rodrigo” haviam sido furtadas. 

AKR 

Materiais apreendidos com a dupla
Antônio e “Rodrigo” foram encaminhados para a delegacia de Ipatinga, onde foi constatado que o segundo era, na verdade, Felix dos Anjos Sobrinho, foragido da penitenciária Dênio Moreira, em Ipaba. Ele deu o nome do irmão ao se identificar. Felix, e não “Rodrigo”, cumpria pena por assalto a mão armada e saiu do presídio em liberdade provisória, devendo retornar após sete dias, o que não aconteceu. Antônio e Felix tiveram os flagrantes ratificados por furto e receptação, e foram encaminhados ao Ceresp, em Ipatinga. De lá Felix será encaminhado para a penitenciária de Ipaba. 

Adolescente de 16 anos é apreendido com 33 pedras de crack


Adolescente de 16 anos é apreendido com 33 pedras de crack
ITABIRA
Thales Benício
Um adolescente de 16 anos foi apreendido na tarde deste sábado, 22 de setembro, na Rua Luís Lott no Bairro Pedreira, sobre acusação de tráfico de drogas, com o menor de idade foram encontradas 33 pedras de crack, todas embaladas e prontas para a venda.
De acordo com a Polícia Militar, a guarnição do Tático Móvel no comando do Sargento Pinheiro, foi enviada ao bairro para averiguar uma denúncia anônima, onde segundo informações o suspeito de ser autor do homicídio no Bairro Gabiroba, estaria andando pelas ruas do Bairro Pedreira.
Os policiais durante o patrulhamento depararam com o adolescente, que ao avistar a viatura da polícia tentou fugir dos militares pulando nos quintais das casas. O menor foi cercado e detido pelos policiais, que durante as buscas encontraram 33 pedras de crack e R$60 em cédulas de R$5. Diante dos fatos, o adolescente foi apreendido pelos militares.
O menor precisou ser encaminhado ao pronto socorro, pois durante a fuga o mesmo sofreu algumas escoriações no rosto, devido uma queda. Após o registro da ocorrência o adolescente foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil, onde foi apresentado ao delegado de plantão.
ItabiraNet.com - Postada às 16h50min

Desabafo de um PM

Este comentário foi postado em nosso blog...para refletir!!!

ahhh, produtividade ser paga pra que?
eu fico dentro da viatura o dia todo sem fazer nada, aliás, nem é o dia todo, eu faço segurança da padaria que tomo café, que por sinal, ontem eu quase prendi o dono por se recusar a receber o dinheiro do café que consumi, ia enquadrar o "sô João" em corrupção ativa, como manda o comando, porém, mais engraçado ainda foi meu comandante falar que eu tinha que fazer o REDS no ponto de apoio que fica no posto de combustível já na companhia não havia computador funcionando, tão pouco internet! Absurdo é eu não poder tomar meu café em paz, já que de acordo com um jornal e aceitação do comando, donos de padarias possuem segurança privilegiada de militares em troca de comida! será que o dono do posto também não estaria sendo privilegiado por oferecer internet e computadores DE GRAÇA (famoso 0800) para a policia?!
Existem policiais que forçam o "PPO", comem e simplesmente não pagam, deixo claro que quanto a esses, eu discordo, sou totalmente contra, contudo, se for da vontade do proprietário a cortesia, que mal tem?

Esse foi apenas um exemplo, se colocarem a mente para funcionar, com certeza terão outros exemplos!!!

Produtividade pra que?
ACORDA PESSOAL!!!
TÁ NA HORA DE DIZER CHEGAAA!!
TÁ NA HORA DE MOSTRAR QUE SOMOS O BRAÇO FORTE!!!
PARAR DE FICAR PEDINDO ESMOLA!!!

Amo minha profissão e o trabalho que exerço, considero-me um exemplo a ser seguido dentro da corporação, tenho orgulho em dizer que na linha estreita que ando, nunca pisei fora, ando de cabeça levantada em qualquer lugar que passo, porém, lamento nossos comandantes!

Abraço a todos, e desculpem o desabafo! 

Ass: Anônimo

Criminosos amarram vigias e arrombam dois caixas eletrônicos em Contagem


Carabinas e DVDs com as imagens do circuito interno de segurança também foram levados.

Publicação: 21/09/2012 07:50 Atualização: 21/09/2012 08:59
Assaltantes usaram maçarico para abrir os equipamentos (Paulo Filgueiras/EM/DA Pres)
Assaltantes usaram maçarico para abrir os equipamentos


A polícia está à procura dos assaltantes que invadiram o Mercado Central de Contagem, na Grande BH, na noite de quinta-feira, e arrombaram dois caixas eletrônicos do Bradesco e do Banco do Brasil. De acordo com a Polícia Militar (PM), a ação começou às 19h30. Ao chegar ao trabalho, um vigia foi rendido por um homem armado que o obrigou a entrar no banheiro. Lá, a vítima teve as mãos e os pés amarrados. O outro vigia que trabalharia no turno se aproximou e também foi preso. 

O criminoso vestiu o uniforme de um deles e abriu o portão de entrada de veículos para que os outros comparsas entrassem. As vítima só conseguiram se soltar por volta das 00h10 desta sexta-feira e acionaram a polícia. Segundo a PM, os assaltantes usaram um maçarico para arrombar dois caixas instalados no estabelecimento. O dinheiro roubado ainda não foi contabilizado. 

Eles também arrombaram um dos boxes e levaram quatro carabinas de pressão de diferentes calibres. A sala de monitoramento de segurança também foi invadida. De lá, os criminosos levaram dois DVDs com imagens das câmeras do circuito interno do mercado e três rádios comunicadores. Até o início da manhã nenhum suspeito havia sido localizado. A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Plantão de Contagem.

Três foram assassinados em menos de 12 horas

AS VÍTIMAS, DOIS HOMENS E UMA MULHER, TINHAM ENTRE 18 E 24 ANOS E FORAM ASSASSINADOS A TIROS EM OCORRÊNCIAS DISTINTAS 

AKR 

Rua Jordão, Bairro Canaã
IPATINGA - Na manhã desta quinta-feira (20) duas pessoas foram assassinadas, uma em Ipatinga e outra em Coronel Fabriciano, em um intervalo de tempo de menos de uma hora.

Somados à execução acontecida na noite da quarta-feira (19), em Santana do Paraíso, são três homicídios no Vale do Aço em um espaço de aproximadamente 12 horas.

As três vítimas, dois homens e uma mulher, eram jovens entre 18 e 24 anos e foram mortas por disparos de arma de fogo. Os assassinos, nos três casos, fugiram após os disparos, levando consigo as armas utilizadas nos crimes.    









Assassinada na Rua Jordão
AKR 

Graziele Marçal Franco foi alvejada na Rua Jordão, Bairro Canaã, e fugiu para dentro de uma loja, onde morreu.
A jovem de 24 anos Graziele Marçal Franco foi morta a tiros na manhã dessa quinta-feira (20). O homicídio foi registrado na Rua Jordão, Bairro Canaã. De acordo com testemunhas, Graziele caminhava no sentido do Bairro Canaã, quando foi atingida por disparos de arma de fogo efetuados por um indivíduo na garupa de uma motocicleta.

Graziele caminhava pela calçada da Rua Jordão, nas proximidades da Escola Municipal Arthur Bernardes, por volta das 9h da manhã, quando uma motocicleta preta, sem as placas e com dois ocupantes, passou pelo local. O rapaz que estava na garupa da moto disparou diversas vezes contra a garota, que correu para dentro de uma loja tentando escapar dos tiros. Graziele não resistiu aos ferimentos e morreu no interior do estabelecimento. 

Em seguida os criminosos fugiram na motocicleta, que era de cor preta e estava sem placas. Testemunhas disseram que a jovem morava em uma república no bairro Vila Celeste. A polícia investiga as primeiras pistas do caso e não descarta a possibilidade de crime passional.







Executado no beco
AKR 

Wanderson Generoso Silva Miranda, foi executado no Beco 2 da Avenida José Correia, no Bairro São Geraldo
Wanderson Generoso Silva Miranda, de 18 anos, foi executado a tiros na varanda de sua residência, que fica localizada no Beco 2, da Avenida José Correia, no Bairro São Geraldo, em Coronel Fabriciano. O homicídio aconteceu por volta das 9h30 dessa quinta-feira (20). 

Wanderson teria tentado escapar correndo pelo beco, mas foi perseguido e alvejado. Segundo testemunhas, o tio do jovem o carregou no colo até a entrada da rua, na tentativa de socorrê-lo, uma vez que sua residência fica em uma longa escadaria. Wanderson foi alvejado na cabeça e não resistiu, vindo a falecer no local.












Morto ao atender chamado
AKR 

Welinton do Ouro Araújo foi assassinado na Rua Ana Campos, Bairro Industrial
Um jovem de 21 anos foi assassinado a tiros por volta das 20h30 da noite desta quarta-feira (19), na Rua Ana Campos, Bairro Industrial, em Santana do Paraíso. Welinton do Ouro Araújo saiu de dentro de sua casa para ver quem chamava e foi recebido com disparos de arma de fogo. A vítima residia no Bairro Bethânia, em Ipatinga.

Pessoas, que estavam com a vítima no interior da casa, disseram à Polícia Militar que uma pessoa gritou “Ô Oreia!” da rua. Quando Welinton, que tem esse apelido, saiu para ver quem era, foi atingido por vários disparos de arma de fogo.  Uma das testemunhas disse que, pouco tempo antes do homicídio, recebeu uma ligação dizendo para que ele deixasse a casa, pois seria assassinado. O rapaz alega não compreender porque foi ameaçado, pois “não tem problema com ninguém”.

A perícia da Polícia Civil constatou perfurações nas costas, nuca e no lado direito do rosto da vítima, provocadas por projeteis de arma de fogo longa, provavelmente uma cartucheira. Além disso, Welington teria sido atingido por disparos de uma segunda arma, que não foi identificada até o momento.A polícia já identificou um suspeito do crime. No local do homicídio foram apreendidos fragmentos de projéteis de arma de fogo e um celular, que seria de propriedade do suspeito.







Wanderson Generoso
      
Reprodução 

Graziele Marçal Franco