Batalhão da policia Militar de Fabriciano sai ainda neste semestre

O efetivo terá um tenente-coronel, dois majores, seis capitães, 10 tenentes, 82 sargentos e 228 cabos. Os demais serão soldados, para atender Coronel Fabriciano, Timóteo, Antonio Dias, Marliéria, Jaguaraçu, Cava Grande e Hematita. 
Janete Araújo 

O coronel Jordão Bueno Junior, comandante da 12ª Região da Polícia Militar, projeta uma segurança pública nas cidades mais “personalizada”
FABRICIANO – Segundo informou nesta quarta-feira (20) o Coronel Jordão Bueno Junior, comandante da 12ª Região da Polícia Militar, ainda não existe uma data específica para o Batalhão de Coronel Fabriciano começar a funcionar, mas ele admite que isso possa ocorrer ainda neste primeiro semestre.
Conforme o oficial, já existe uma comissão designada pelo comando da corporação, presidida pelo tenente-coronel Steiner e assessorado por outros oficiais, que estão na cidade para adotar as medidas que vão agilizar e viabilizar a instalação do quartel.
Coronel Bueno afirma também que como a 178ª Companhia de PM de Fabriciano já funciona em um amplo prédio no bairro Belvedere, quando se tornar Batalhão o funcionamento continuará sendo no mesmo local. “No geral, a previsão é que onde haja um Batalhão de PM exista também uma delegacia regional de polícia. Mas isso compete à Polícia Civil”, explica, acrescentando que já está em negociação com alguns comandantes da região e até da Região Metropolitana de Belo Horizonte para fazer as movimentações e liberar alguns PMs que têm manifestado interesse em serem transferidos para Coronel Fabriciano quando o Batalhão se tornar realidade. “É preciso buscar um equilíbrio entre as outras unidades das outras cidades e não deixar vários militares de uma única corporação saírem”, observa, para complementar em seguida: “Aliás, conseguir militares para suprir a demanda do novo batalhão tem sido um dos maiores desafios do 14º, com sede em Ipatinga”, explica Bueno.  
O efetivoA companhia de Fabriciano tem hoje 255 PMs. Como Batalhão esse número aumentará para 329, sendo um tenente-coronel, dois majores, seis capitães, 10 tenentes, 82 sargentos e 228 cabos. O restante serão soldados. 
A unidade vai atender, além de Coronel Fabriciano, os municípios de Timóteo, Antônio Dias (com Hematita), Marliéria (com Cava Grande) e Jaguaraçu.
O coronel Jordão Bueno Junior, comandante da 12ª Região da Polícia Militar, destaca que com essa criação as decisões operacionais, financeiras e orçamentárias serão descentralizadas. Haverá mais viaturas, sem dependência exclusiva de Ipatinga. As viaturas que chegarem do Estado vão direto para lá, sem ter que passar primeiro por Ipatinga. As responsabilidades e sobrecarga de Ipatinga serão divididas: “Além dessa autonomia, o Batalhão de Fabriciano poderá realizar suas próprias operações, remanejar efetivo. Poderá buscar recurso financeiro para suprir suas necessidades. E a gestão de segurança pública nas cidades poderá ser personalizada”, acredita o comandante.
 
Fonte: JVA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deixados no site são de inteira responsabilidade de quem escreve e as publica. Isentando assim de responsabilidade o autor/editor do site. Portanto, tenha responsabilidade com seu comentário!